Mãe abandona filha em posto de saúde após estupro de padrasto

Infelizmente, os casos de estupros de crianças já se tornaram comuns. Na tarde desta segunda-feira, dia 20, uma menina de dez anos foi deixada sozinha, pela mãe, em um posto de saúde na Vila São Silvestre, em Alto Alegre, região ao Centro-Oeste do Estado.

De acordo com a Polícia Militar, a dona de casa, de 33 anos, havia levado a criança até a unidade logo após flagrar seu companheiro, um autônomo de 26, abusando sexualmente da menina e por ela mesma ter sido agredida na cabeça com um pedaço de madeira durante a luta corporal que travou com o elemento.

Uma técnica de enfermagem, funcionária do posto de saúde, informou à PM que após a mulher ser alertada a respeito da ida de uma guarnição até o local, juntamente com o Conselho Tutelar, saiu imediatamente e deixou a menina sozinha.

A criança informou aos policiais e conselheiros que estava brincando no quintal quando a mãe saiu para comprar ovos e o padrasto a chamou e ofereceu uma bolacha recheada. Ela diz que o acusado foi até a casa, colocou uma música em som alto e voltou para puxá-la pelo braço.

Ainda segundo a menina, o indivíduo a levou para o quarto, abaixou a bermuda e obrigou a criança a colocar a boca em seu órgão genital. A vítima disse que começou a chorar e gritar por socorro e em seguida o padrasto ouviu o grito da dona de casa, vestiu a roupa e partiu para cima da companheira que havia se armado com uma faca.

O homem então a golpeou na cabeça, causando um corte. Vizinhos ouviram os gritos e intervieram na situação. A menina compartilhou que a mãe e o padrasto brigam constantemente e que já flagrou o autônomo fumando em uma lata.

Após o depoimento da vítima, a PM iniciou as diligências pela Vila em busca do acusado, que até o fechamento desta matéria permanecia desaparecido. A mãe também não foi encontrada e, ainda conforme a PM, um morador informou que a mulher foi até o acusado e o alertou de que ele estava sendo procurado pela polícia. A vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de delito. (VF)

Fonte: Folha BV

#padrasto #filha #estupro #abandono #mãe

2 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram