Japão tem recorde de casos de Covid pelo 12º dia seguido na véspera das Paralimpíadas


 
 

O Japão registrou o 12º dia consecutivo de recorde na média de novos casos de Covid-19 nesta segunda-feira (23), na véspera dos Jogos Paralímpicos.


A competição começa nesta terça-feira (24), vai até 5 de setembro e, assim como nos Jogos Olímpicos, não terá a presença de público devido ao estado de emergência causado pela pandemia.

O país registrou uma média de 22,4 mil novos infectados por dia na última semana, com um recorde diário de mais de 25 mil casos na sexta-feira (20), causados pela variante delta. Também nesta segunda, os governos do Japão e de Tóquio apelaram aos hospitais da capital para que aceitem mais pacientes de Covid-19, pois menos de um em cada 10 infectados está hospitalizado.

"A transmissibilidade forte da variante delta não é comparável às anteriores", afirmou o ministro da Saúde japonês, Norihisa Tamura, ao lado da governadora de Tóquio, Yuriko Koike.


"Gostaríamos de ter mais apoio da comunidade médica para obter leitos hospitalares para pacientes de Covid-19". É a primeira vez que o governo japonês emitiu tal apelo com base na lei de controle de doenças infecciosas. Estado de emergência Na terça-feira (17), o governo japonês ampliou o estado de emergência para mais sete regiões para tentar combater o aumento de casos. A medida já está em vigor em Tóquio e outras cinco regiões.

A previsão inicial era encerrar o estado de emergência no dia 31, mas, devido aos seguidos recordes de infectados, o governo decidiu estendê-lo até 12 de setembro e ampliar as medidas para outras regiões.

As restrições do estado de emergência são bem mais brandas do que as adotadas em outros países: restringe o funcionamento de apenas bares e restaurantes, proíbe a venda de bebidas alcoólicas e recomenda o trabalho remoto. Mortes por Covid Apesar da forte alta no número de novos infectados, manchando o sucesso inicial do Japão na contenção da pandemia, as mortes não têm aumentado na mesma proporção e a vacinação contra a Covid-19 ganhou forte tração. O país registrou uma média de 32 novos óbitos por dia na última semana, ainda muito abaixo do recorde de 113 vítimas registrado no fim de maio (e uma situação muito melhor do que à da grande maioria dos países).

O Japão é a 11ª nação mais populosa do mundo, com cerca de 126 milhões de habitantes, e registrou até o momento 1,31 milhão de infectados e 15,6 mil mortes por Covid-19. Vacinação avança Além disso, o Japão tem aplicado uma média superior a 1 milhão de vacinas por dia desde 29 de julho, e atualmente 52% da população já recebeu ao menos uma dose e 41% está completamente imunizada.

O país é o quinto país com mais doses aplicadas (118 milhões) e já administrou 93 doses para cada 100 japoneses, patamar superior ao da média mundial (63) e de países como Austrália (66), Coreia do Sul (70) e Brasil (83).

Ao mesmo tempo, o número ainda é muito inferior ao de diversos países, como Uruguai (152), Israel (148), Chile (142), China (135), Reino Unido (131) e EUA (108), além da média da União Europeia (115).


Fonte: G1

2 visualizações0 comentário