top of page

Isaías Raw, médico, pesquisador e ex-diretor do Instituto Butantan, morre em SP aos 95 anos



O médico, pesquisador e ex-diretor do Instituto Butantan, Isaías Raw, morreu na noite desta terça-feira (13), em São Paulo, aos 95 anos.


A informação foi confirmada pelo Instituto na tarde desta quarta (14). Ele deixa netos e filhos. Raw ingressou no Butantan em 1984 e foi o responsável pela criação do Centro de Biotecnologia, do Museu de Microbiologia e do Museu Histórico.

Foi também o idealizador da Fundação Butantan – entidade de apoio ao Instituto Butantan que contribui para a manutenção da produção de imunobiológicos da organização. Segundo o Instituto, o pesquisador foi diretamente responsável por marcos importantes na história do Butantan, como a montagem de novas fábricas de produção de soro na década de 1980 e liderou o desenvolvimento de novas vacinas, como a da hepatite B recombinante.

Ainda de acordo com o Instituto, o professor foi um dos "maestros da transferência de tecnologia da vacina da gripe entre Sanofi Pasteur e Butantan, até hoje o carro-chefe do Butantan".

Formado em medicina pela Faculdade de Medicina da USP, com mestrado e doutorado em bioquímica, Raw foi professor livre-docente e professor titular no departamento de bioquímica da universidade.

Foi também o fundador do Cescem e Fundação Carlos Chagas, que introduziu o vestibular unificado e pesquisas sobre o vestibular.


Fonte: G1

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page