Interna de medicina é a nova Miss Inglaterra

A vida de uma interna de medicina não costuma ser vista como glamourosa, mas isso certamente não se aplica à Dra. Bhasha Mukherjee.

A Dra. Bhasha estreou no hospital como médica poucas horas depois de ser coroada Miss Inglaterra. A jovem inglesa de 23 anos fez seu primeiro plantão no Pilgrim Hospital, em Lincolnshire, apenas 24 horas após vencer o concurso de beleza.

“Uma pilha de nervos”

Ela disse ao Medscape: “Acho que foi uma semana estressante como um todo. Eu estava uma pilha de nervos, porque a final e o meu primeiro dia de trabalho aconteceriam com poucas horas de diferença, e eu estava preocupada com o desenrolar do concurso e como isso poderia afetar o meu primeiro dia de trabalho. Eu estava igualmente ansiosa pela possibilidade de ganhar ou perder e depois começar um novo emprego pelo qual eu batalhara cinco anos para conseguir!”

É o primeiro emprego da Dra. Bhasha desde que se formou na University of Nottingham. Ela é formada em ciências médicas e em medicina e cirurgia. Ela fala cinco idiomas e tem um QI de 146. Não é uma combinação clássica de interesses, mas a Dra. Bhasha acha que será capaz de equilibrar os dois papéis perfeitamente.

Equilíbrio com ou sem glamour

“Eu acho que a essência da vida é o equilíbrio. Eu nunca quis me tornar uma daquelas pessoas infelizes e resmungonas que odeiam seu trabalho porque é um trabalho árduo e maçante, sem sentido. Estar muito ocupado ou não ter tempo são apenas desculpas para mim. Eu acredito que trabalhar no hospital, “sem glamour” algum, concentrada nos meus pacientes mantém os meus pés no chão. Também é muito terapêutico concentrar-se em uma tarefa manual e evitar as distrações do meu telefone e das mídias sociais. Da mesma forma, meu título me dá a autoconfiança e a autoestima de quem tem outra saída. Nos meus dias de folga, sou alguém totalmente diferente e deixo meu país orgulhoso!”

A interna de medicina diz que ainda passa despercebida à maioria das pessoas, mas que isso pode mudar.

“Um paciente me reconheceu pela primeira vez hoje. Eu trabalho na enfermaria mais movimentada do hospital, os pacientes admitidos nesta enfermaria costumam estar tão graves que mal conseguem respirar, muito menos reconhecer quem é quem. Mas eu gosto de ser anônima no trabalho e de simplesmente poder continuar assim. Meus colegas sabem sobre o meu título e sempre há brincadeiras divertidas comparando nossos empregos”.

Aspirações globais

A Dra. Bhasha foi incentivada a participar de uma competição em 2016, que visava aumentar a diversidade nos concursos de beleza no Reino Unido, e foi necessária considerável persuasão para convencê-la a competir.

Agora ela está se preparando para o concurso mundial Miss Mundo, em Londres, em dezembro. O Miss Mundo terá uma rodada de esportes que testa o condicionamento físico, e a Dra. Bhasha está se preparando lutando boxe em uma academia em Derby.

Outra rodada será o projeto Beauty with a Purpose. Ela escolheu trabalhar com a Diabetes UK e pretende ir às escolas para conversar com as crianças sobre diabetes e suas formas de prevenção.

Ela comenta: “Se eu vou ganhar o Miss Mundo ou não, meu objetivo sempre será ter os pés no chão e ser uma pessoa do povo, para o povo”.

Fonte: Medscape

#carreira #interna #medicina #missinglaterra

2 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram