Impacto no desenvolvimento pulmonar deve afetar uma geração



Segundo um artigo publicado no periódico médico The Lancet a desnutrição pode causar a interrupção do desenvolvimento pulmonar, o que contribui consideravelmente para o aparecimento precoce de doenças em adultos, como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).


O Programa Mundial de Alimentos da ONU (Organização das Nações Unidas), estima que, após a pandemia da covid-19, a fome possa dobrar de 135 milhões para 265 milhões de pessoas no mundo. Em consequência disso, a saúde respiratória de uma geração de crianças estaria prejudicada.


Até o momento, as políticas de recuperação da covid-19 que visam minimizar a desnutrição infantil têm sido pouco efetivas. Nos Estados Unidos, por exemplo, a primeira lei de resposta ao novo coronavírus, aprovada em março, forneceu financiamento adicional a programas de assistência alimentar pré-existentes e permitiu às famílias reivindicar o custo de refeições escolares gratuitas em supermercados e em determinados pontos de venda online. Em meados de maio, no entanto, apenas 15% das famílias elegíveis estavam recebendo esse benefício, segundo o artigo.


Uma solução eficiente e sustentável para o problema da fome mundial, de acordo com o artigo, é abordar diretamente a pobreza infantil. No Reino Unido, por exemplo, um estudo mostrou que adicionar £ 10 (R$ 66,50 em média) por semana por criança ao benefício infantil (valor que famílias em situação de vulnerabilidade recebem para criar os filhos) reduziria a pobreza infantil em 5%.


O Brasil saiu do Mapa da Fome em 2014, segundo o Banco Mundial. Em decorrência da crise econômica causada pela pandemia, a estimativa é que até o final do ano, cerca de 14,7 milhões de brasileiros passarão fome e aproximadamente 5,4 milhões serão lançados na pobreza extrema, ainda de acordo com o órgão. Um relatório de 2018 feito pela ONU aponta que naquele ano, a fome atingia 5,2 milhões de pessoas no Brasil.


Fonte: R7

9 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram