Hospital de Base de Brasília amplia capacidade de atendimento para pacientes com câncer



O Hospital de Base de Brasília (HB) vai ampliar o atendimento para pacientes com câncer. Isso será possível por causa da conclusão dos serviços de atualização do acelerador linear, aparelho usado em sessões de radioterapia para pessoas com a doença. O HB estima passar de 35 para 45 a quantidade de pessoas atendidas diariamente.


Conhecido pela sigla em inglês MLC, o aparelho se chama colimador de múltiplas lâminas e foi doado pelo Hospital Sírio-Libanês. O novo acessório é capaz de configurar a radiação emitida de acordo com o formato e a localização do tumor a ser tratado, resultando em mais segurança no processo. No funcionamento do aparelho antigo, eram confeccionados blocos de colimação de uma liga metálica específica, composta de metais pesados.


Com o novo equipamento, será possível fazer o tratamento sem que um técnico entre na sala de radioterapia de quatro a seis vezes por sessão, como acontecia antes, para que fossem trocados os blocos — que eram feitos para cada um dos pacientes. A tecnologia com blocos colimadores limitava o tratamento radioterápico de determinados tipos de câncer, enquanto as múltiplas lâminas, por serem mais precisas na radiação, também aumentam o escopo das patologias atendidas.


As empresas contratadas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), foram responsáveis por transportar e calibrar o equipemento.


Fonte: Correio Braziliense

6 visualizações0 comentário

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram