Homem de 25 anos é a segunda vítima mais jovem da covid-19 no DF



Entre as seis mortes pelo novo coronavírus registradas nesta quinta-feira (21/5) no Distrito Federal, a Secretaria de Saúde (SES-DF) confirmou a segunda vítima mais jovem da doença: um homem de 25 anos, morador de Águas Claras, que estava internado no Hospital Universitário de Brasília (HUB). 

De acordo com a pasta, o jovem deu entrada na unidade de saúde na última sexta-feira (15/5) e morreu nesta quinta na mesma unidade. Ele era obeso. Portadora de microcefalia e paralisia cerebral, uma mulher de 22 anos, moradora Samambaia, estava internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e morreu em 1º de maio. Ele foi a vítima mais jovem da doença no DF.


Vítimas


No mesmo boletim desta quinta, foi registrada a primeira morte da Candangolândia – uma das cidades com o menor número de infectados no DF. O homem, de 55 anos, deu entrada no Hospital Daher, no Lago Sul, no sábado (16/5). Ele faleceu nesta quarta-feira (20/5) e tinha diabetes melitus.  

Continua depois da publicidadeAinda na quarta, uma mulher de 56 anos, que morava na Estrutural e estava internada no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) há cinco dias, não resistiu à doença. Ela também era diabética. 

A secretaria confirmou também a morte de um homem de 90 anos, diabético e hipertenso, que residia no Plano Piloto e estava internado há seis dias no Hospital Alvorada. Somam-se aos casos, o falecimento de uma mulher de 69 anos, moradora de Samambaia, que estava internada há 21 dias no Hospital Rregional da cidade e era obesa, além de um homem de 91 anos, hipertenso, que deu entrada no HRSM no último domingo (17/5) e morreu nesta quinta, na mesma unidade. 

Com essas ocorrências, o DF registra 84 vítimas da covid-19, sendo cinco delas pertencentes ao estado de Goiás, por isso, serão contabilizadas naquela secretaria.


Fonte: Correio Braziliense

2 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram