top of page

Hematoma subdural: o que é a emergência médica que matou Akira Toriyama, criador de Dragon Ball



Criador dos populares quadrinhos e desenhos animados "Dragon Ball", o japonês Akira Toriyama morreu aos 68 anos, anunciou sua editora e estúdio de produção, nesta sexta-feira.


A morte foi provocada por um hematoma subdural, que acontece quando há um acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio. A condição surge, em geral, por conta de uma forte pancada na cabeça. Os vasos sanguíneos estouram, causando o acúmulo, que, por sua vez, gera pressão sobre o cérebro.


Dor de cabeça, vômitos e confusão mental estão entre os principais sintomas, que podem aparecer logo após a pancada ou até mesmo dias depois. Há também a possibilidade do paciente não apresentar sintomas.


Em casos mais simples não há necessidade de tratamento, mas a pessoa que está o hematoma subdural precisa de acompanhamento médico para analisar a evolução do ferimento.


Procedimentos cirúrgicos como drenagem e craniotomia — quando há necessidade de remoção de parte do osso do crânio —, podem ser necessários nos casos mais graves.


“Estamos profundamente tristes em informar que o criador de mangá Akira Toriyama faleceu em 1º de março, devido a um hematoma subdural agudo”, postou a produtora da franquia “Dragon Ball”, em sua conta oficial na rede social X.


O comunicado, atribuído à produtora Bird Studio, de Toriyama, explica que o designer morreu enquanto ainda estava “em vários trabalhos, no meio do processo de criação com grande entusiasmo”.


“No entanto, ele deixou muitos títulos de mangá e obras de arte (…) Esperamos que o mundo único criado por Akira Toriyama continue a ser amado por todos por muito tempo”, acrescentou.


Fonte: G1

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page