top of page

Harmonização facial: entenda como funciona o procedimento e saiba quais são os cuidados necessários



Em alta principalmente entre os famosos, a harmonização facial é um procedimento estético que foi criado para deixar o rosto humano mais proporcional. Para criar essa "harmonia" na aparência, especialistas costumam fazer preenchimentos na região da boca, das bochechas e da mandíbula.

Na última semana, o assunto foi bastante discutido na internet, principalmente por causa do participante do "BBB 23" Fred Nicácio, que fez o procedimento. Veja abaixo algumas perguntas e respostas sobre o tema.

💉 Como é feita a harmonização facial? O procedimento é feito por meio da aplicação de produtos no rosto.

  • Entre as técnicas mais comuns estão a aplicação de ácido hialurônico, botox, laser e peeling.

  • Para fazer o procedimento, é necessário procurar um profissional especialista na área, como um dermatologista.

  • O paciente irá passar por uma consulta, e o especialista irá definir um tratamento que é mais viável para atender o desejo do cliente.

✨ Quais são os benefícios do procedimento? Entre as melhorias que podem ser feitas com a harmonização facial estão:

  • Remoção de marcas de expressão e do "bigode chinês";

  • Correção de olheiras e de imperfeições no nariz;

  • Mudança no tamanho do queixo e da testa;

  • Definição da mandíbula.

🙋‍♀️ Todos podem fazer harmonização facial? Especialistas na área explicam que não existe uma idade mínima para fazer o procedimento. No entanto, a harmonização costuma ser procurada por pessoas mais velhas, para evitar a flacidez e o envelhecimento.

  • O procedimento é contraindicado para pessoas grávidas.

  • Além disso, pessoas com doenças autoimunes e que tomam imunossupressores não devem fazer harmonização facial.

  • Pessoas gripadas ou que estejam passando por um tratamento dentário também devem aguardar para fazer o procedimento.

🛑 Quais os riscos do procedimento? A harmonização facial também tem alguns riscos, já que o rosto possui muitos nervos e artérias. Por isso, é importante procurar um profissional especializado que conheça a anatomia da face. Entre as possíveis complicações, estão:

  • Caso a aplicação seja feita de forma incorreta e atingir um vaso sanguíneo, o paciente pode ter necrose e até cegueira.

  • O uso de produtos não aprovados pela Anvisa no procedimento também pode gerar riscos, o que reforça a importância de contratar um profissional credenciado.

  • Os riscos de problemas no procedimento podem aumentar caso o profissional use muitas ampolas dos produtos em um mesmo dia.

🙌 Quais são os cuidados para fazer a harmonização facial? Os especialistas elencam alguns cuidados que os pacientes precisam ter antes e depois do procedimento. Veja a seguir.

  • Antes do procedimento, é indicado que o paciente tenha uma alimentação mais leve.

  • Depois da aplicação, é necessário usar protetor solar. Em alguns casos, medicações também são indicadas.

  • O paciente também deve evitar fazer atividades físicas no dia do procedimento.

  • Dor forte e inchaço excessivo não são normais. No entanto, hematomas podem ficar na pele de cinco a seis dias.


Fonte: G1

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page