GDF prepara concurso para Secretaria de Saúde. Confira cargos


 
 

O secretário de Economia, André Clemente (foto em destaque), informou, na noite de quinta-feira (11/11), que o Governo do Distrito Federal (GDF) começou a preparar estudos para realizar um novo concurso público a fim de preencher vários cargos vagos na Secretaria de Saúde.


A ideia é que o certame seja anunciado nos próximos meses, com o objetivo de acontecer no primeiro semestre de 2022. Ainda não há informação sobre o número de vagas abertas, uma vez que o edital será preparado a partir de sinalização da própria pasta.


A confirmação ocorreu após o Sindicato de Funcionários em Estabelecimento de Saúde (SindSaúde-DF) ter oficiado o Palácio do Buriti sobre informações para a realização do concurso público. O preenchimento de vagas ocorrerá principalmente devido a aposentadorias, falecimentos e desligamentos de cargos.

“A realização deste concurso público será boa para as pessoas que estudam e sonham em entrar na Secretaria de Saúde. Será também importante para os atuais servidores terem novos colegas para recompor suas equipes e será excelente para a população, que contará com mais atendimento e uma gestão da Saúde mais fortalecida”, disse a presidente da entidade, Marli Rodrigues.

Vagas

Segundo a Secretaria de Economia, serão abertas vagas para farmacêuticos, psicólogos, assistentes sociais e para a nova carreira de Gestão e Assistência Pública à Saúde. O Metrópoles apurou que haverá mais de 4 mil vagas.

Em agosto, a Secretaria de Economia já havia publicado no Diário Oficial do DF (DODF) portaria com a autorização para a realização do concurso público. A pasta informou, contudo, que ainda aguarda o relatório da Secretaria de Saúde com a quantidade de cargos vagos e as atribuições da nova carreira Gestão e Assistência Pública à Saúde, criada em julho deste ano.

Há dois meses, o governador Ibaneis Rocha (MDB) encaminhou para a Câmara Legislativa (CLDF) o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA 2022) com a sugestão de direcionamento de recursos para todas as áreas tidas como prioritárias pelo GDF para o ano que vem.

De acordo com o texto enviado, o orçamento para o DF terá o valor de R$ 48,2 bilhões. Desse total, serão R$ 31,9 bilhões do Tesouro Distrital e outros R$ 16,2 bilhões oriundos do Fundo Constitucional (FCDF). A Lei Orçamentária Anual de 2021 previa a distribuição de R$ 44,19 bilhões para diversas áreas, o que representa um acréscimo de 8,31%.

“O planejamento público contido na Lei Orçamentária de 2022 consolida as orientações do governador Ibaneis e repete as técnicas utilizadas com sucesso desde 2019, que permitiram melhorar a avaliação das finanças locais e fazer entregas importantes nas áreas de saúde, educação, obras, segurança e programas sociais”, explicou o documento.

Fonte: Metrópoles

4 visualizações0 comentário