top of page

Gêmeos mais prematuros do mundo comemoram um ano de vida após 0% de chance de sobrevivência



Um ano depois de ouvir que seus bebês teriam 0% de chance de sobrevivência, Shakina Rajendram celebrou a vida dos seus filhos. Os gêmeos Adiah Laelynn e Adrial Luka Nadarajah comemoraram seu primeiro aniversário em 4 de março de 2023.


Com o aniversário, veio a nomeação do Guinness World Records. Adiah e Adrial são os gêmeos mais prematuros do mundo.

Os bebês canadenses nasceram 126 dias antes do esperado, quebrando o recorde anterior de 125 de antecedência, que pertencia a gêmeos de Iowa (EUA). O recorde de recém-nascido mais jovem pertence a Curtis Means, que nasceu com apenas 21 semanas e um dia. Adiah nasceu 23 minutos antes do seu irmão, com 330 gramas. Adrial chegou pesando 420 gramas. Segundo o Guinness, eles são os gêmeos mais leves de todos os tempos, com um total de 750 gramas.

Os gêmeos nasceram com uma idade gestacional de 22 semanas. Se tivessem nascido uma hora antes, nenhuma tentativa teria sido feita para salvar suas vidas. Quando entrei em trabalho de parto, foram negadas aos bebês todas as medidas de suporte à vida no hospital em que fui internada e quase deixadas para morrer. — Shakina Rajendram, mãe dos gêmeos

Após 161 dias na UTI, Adiah recebeu alta. Adrial saiu uma semana depois, mas chegou a voltar ao hospital duas vezes. Atualmente, os dois estão em casa.

Shakina contou que Adiah é uma bebê extremamente feliz, sociável e tagarela. Já Adrial é observador, atencioso e inteligente. Os bebês continuam sendo monitorados por médicos especialistas, como cardiologistas, oftalmologistas e hematologistas, mas estão bem e superando expectativas.


Fonte: G1

9 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page