França acusa Reino Unido de 'chantagem' na entrega de vacina de Oxford



O ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian, acusou nesta sexta-feira (26) o Reino Unido de "chantagem" na entrega da vacina de Oxford/AstraZeneca por não ter reservas da segunda dose para os britânicos que já receberam a primeira.


"Não se pode brincar com uma chantagem assim apenas porque eles se apressaram em vacinar o maior número possível de pessoas com a primeira dose e agora estão um pouco em desvantagem porque não têm a segunda", afirmou Jean-Yves Le Drian à rádio France Info.

Após estudos, o Reino Unido decidiu priorizar a vacinação de mais britânicos com apenas uma dose do que imunizar a metade disso com duas doses. Assim, o país já aplicou uma dose em 29 milhões de britânicos (42,7%), mas apenas 2,78 milhões receberam as duas doses (4,1%).

"O Reino Unido se gabou de ter vacinado bastante com a primeira dose, mas tem um problema com a segunda. Você está vacinado quando recebe as duas doses. Hoje, há o mesmo número de pessoas vacinadas com as duas doses na França e no Reino Unido", disse o chanceler francês. Receberam as duas doses de vacinas contra a Covid 5,3% da população adulta britânica e 5% da francesa receberam as duas doses. Le Drian defendeu uma relação de cooperação com o Reino Unido para que a AstraZeneca cumpra os acordos que assinou com a União Europeia e que cada lado fique satisfeito. "Espero que encontremos um acordo. Seria inverossímil ter uma guerra de vacinas entre Reino Unido e Europa".


Fonte: G1

1 visualização0 comentário

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram