Fleury lança marketplace de saúde para público sem convênio médico


 
 

De olho no público sem convênio médico, o Grupo Fleury lançou um serviço de saúde que dá direito a consultas, telemedicina, exames, descontos em medicamentos, suplementos, entre outros produtos e serviços ligados à saúde.


Esse novo negócio fará parte do marketplace lançado pela companhia no ano passado, mas que até então atendia apenas os funcionários de empresas que contratam os serviços do Fleury. Atualmente, 7 milhões de empregados acessam a plataforma, batizada de Saúde ID. Na fase inicial do projeto, voltado a pessoas físicas, cinco mil moradores da cidade de São Paulo terão acesso à plataforma e ao aplicativo de celular, ferramentas que poderão ser usadas para as teleconsultas.

O pacote de assinatura que dá acesso aos serviços custa entre R$ 29,90 e R$ 59,90 por mês. O usuário tem direito a uma consulta com retorno por mês com médicos do Grupo Fleury e 14 exames, que podem ser realizados no laboratório a+, que pertence à rede de medicina diagnóstica, durante o período de vigência do contrato.

A ideia é que ao realizar a consulta médica via marketplace, o paciente já agende seus exames e adquira os remédios indicados pelo médico na própria plataforma. Os primeiros parceiros nesse projeto são ePharma, Far-Me, Hypera Pharma, Danone Nutricia e Sommos DNA, que dá descontos aos assinantes. O Fleury investiu R$ 50 milhões nessa plataforma de saúde que está sendo utilizada para diversas finalidades.

“Já realizamos 200 mil consultas via telemedicina. Nesta pandemia, também abrimos gratuitamente nossa plataforma para os médicos realizarem suas consultas on-line. Agora, ela será usada para o B2C”, disse Carlos Marinelli, presidente do Grupo Fleury, que vem investindo na diversificação do negócio.


Fonte: Valor Econômico

5 visualizações0 comentário