Famoso médico italiano é condenado por roubo de óvulos



A Suprema Corte da Itália condenou o ginecologista Severino Antinori, que ficou famoso por dizer que havia clonado três bebês, a seis anos e meio de prisão por roubar óvulos de uma enfermeira espanhola que trabalhava em sua clínica.


A sentença definitiva é um pouco menor que a condenação a sete anos e 10 meses de cadeia imposta ao médico em segunda instância.


O crime ocorreu em 2016, quando Antinori, hoje com 75 anos, aspirou óvulos da enfermeira, que havia sido internada para operar cistos ovarianos, contra a sua vontade. A vítima havia sido imobilizada e anestesiada com a desculpa da cirurgia.


Segundo o Ministério Público, Antinori fertilizou os óvulos para transferi-los a outra mulher. No início dos anos 2000, o médico ficou famoso ao anunciar que havia usado o método da clonagem para induzir a gravidez em três mulheres.


De acordo com ele, as gestações foram bem sucedidas, mas ele nunca deu provas disso.


Fonte: Terra

3 visualizações0 comentário

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram