Falso médico é preso em flagrante em Porto Alegre

Um homem de 52 anos foi preso em flagrante na residência de um casal de idosos no bairro Bom Fim, em Porto Alegre. A ação ocorreu por volta do meio dia desta quinta-feira (20) quando a Polícia Civil estava no local ouvindo uma das vítimas. O homem que se passava por profissional de saúde há um ano foi detido com um carimbo em nome do médico Luis Carlos Schneider.

— Fomos até o local, fizemos uma investigação preliminar. Estávamos lá conversando com a idosa para entender quem era esse médico e ele chegou para fazer o atendimento. Quando o verdadeiro médico descobriu a história, ele entrou em contato com a idosa. E avisou que ela estava sendo enganada. Ela, então, ligou para o estelionatário e ele ficou sem ir visitá-la por alguns dias. Hoje ele retornou à casa dela quando estávamos lá — afirma a titular da Delegacia do Idoso, Cristiane Ramos.

Segundo a investigação, o casal foi lesado em mais de R$ 20 mil em um ano. O marido é um homem acamado de 94 anos, que tem Alzheimer e há dois meses foi diagnosticado com câncer de pulmão. A esposa, de 77 anos, foi quem contratou o falso profissional.

A senhora conta que procurava um médico que atendesse a domicílio quando recebeu de uma balconista de farmácia a indicação do falso profissional. O homem se apresentou como médico, andava com maleta de equipamentos, estetoscópio, receitava medicamentos e examinava o corpo do acamado. Cobrava R$ 150 por visita semanal. Com o tempo, foi estabelecendo uma relação de confiança com a família.

— Ele tinha chave do portão, era uma pessoa de total confiança. Tinha acesso à conta da idosa. Ele ia pedindo dinheiro para comprar televisão para o filho, dizia que os hospitais para os quais trabalhava estavam atrasando seu salário. Ele almoçava lá com bastante frequência. Era muito dedicado à família, às vezes ia lá três vezes por semana — afirma a delegada.

Ele tinha chave do portão, era uma pessoa de total confiança. Tinha acesso à conta da idosa. Ele ia pedindo dinheiro, para comprar televisão para o filho, ele dizia que os hospitais para os quais trabalhava estavam atrasando seu salário. Ele almoçava lá com bastante frequência. Era muito dedicado a família, às vezes ia lá três vezes por semana.

CRISTIANE RAMOS

Titular da Delegacia do Idoso

O falso médico também receitava medicamentos para a mulher de 77 anos, que tinha problemas na coluna:

— Eu confiei nele demais dele. Nos tratava bem, eu não desconfio de ninguém. Estou me sentindo arrasada.

O caso chegou até a Polícia Civil por meio de uma denuncia anônima. Segundo o relato, o casal de idosos recebia visitas frequentes de um médico. O denunciante, ao verificar o número da inscrição no Conselho Regional de Medicina (CRM), percebeu que o homem que se apresentava na casa não era o mesmo profissional.

O verdadeiro Luis Carlos Schneider esclarece que é pediatra, registrado no Cremers e não atende adultos nem idosos. Em nota enviada à reportagem, o profissional afirmou que “atende em Porto Alegre e em Canoas, como médico emergencista, na área de Pediatria. Nunca atendeu de forma domiciliar”.

Também reforçou o desejo de “esclarecer e tranquilizar seus pacientes, pois seu nome será divulgado junto a um fato grave, sendo que não tem qualquer participação no ocorrido.”

Detido na Delegacia do Idoso, o suspeito, que não teve seu nome divulgado, tem antecedentes por maus tratos a idosos e estelionato. Um caso idêntico a esse foi registrado em 1999, no qual o suspeito usou o nome de outro médico.

— Estamos pedindo que outras vítimas venham até a Delegacia do Idoso e apresentem sua informação — solicita a delegada.

Em paralelo à denúncia da Polícia Civil, o Conselho Regional de Medicina do RS (Cremers) também recebeu o relato de conduta inadequada do suspeito.

— Chegou a nós uma denúncia anônima de um suposto médico que tinha um comportamento muito estranho. Investigamos e identificamos que ele não era um médico. Então, encaminhamos isso à Polícia Civil —afirma o presidente da entidade, Eduardo Trindade.

O Cremers orienta que a entidade deve ser procurada ao se ter dúvidas sobre a postura de médicos.

Fonte: GauchaZh

#falsomédico #portoalegre #preso

3 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram