Falsa médica que atuava com Paty Bumbum é presa


 
 

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (30) a falsa médica Valéria dos Santos Reis, em Itaguaí, na Região Metropolitana. Ela era parceira da massoterapeuta Patrícia Silva dos Santos, a Paty Bumbum, e realizavam procedimentos estéticos numa clínica clandestina, usando silicone industrial.


Valéria, que vinha sendo monitorada pela polícia há dois meses, foi presa na padaria de sua propriedade em Itaguaí. Ela estava foragida desde 2018, quando, junto com Paty Bumbum, foi acusada da morte da modelo Mayara Silva dos Santos, de 24 anos. A vítima se submeteu a um procedimento estético feito pelas duas, num quarto de hotel.

Segundo os delegados Mauro Cesar e Kristiano Jotta, da Polinter, Valéria tinha prisão preventiva decretada por homicídio qualificado, exercício ilegal da medicina e associação criminosa. Condenada em dezembro de 2019, Paty Bumbum cumpre sete anos de prisão em regime semiaberto.

A duas falsas médicas, com a ajuda de um enfermeiro, praticavam procedimentos estéticos em clínicas clandestinas e hotéis, locais sem qualquer as condições higiênicas necessárias. E também utilizavam silicone industrial, que aplicavam nas nádegas, seis e outras regiões do corpo das vítimas.

O Portal dos Procurados do Disque Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 1 mil por informações que levassem à captura de Valéria.


Fonte: G1

11 visualizações0 comentário