Exagerou na praia? Veja 5 dicas simples para tratar queimaduras de sol


 
 

No verão, em tempo de sol e céu azul, um problema de saúde recorrente são as queimaduras provocadas pela exposição excessiva aos raios ultravioleta sem a devida proteção. Mesmo que você não vá à praia, uma simples saída ao sol ou um bronzeado podem resultar no problema, caracterizado na maioria das vezes por ardência, pele vermelha e, em alguns casos, bolhas.


O que talvez você não saiba é que existem algumas formas naturais para ajudar as queimaduras a cicatrizarem mais rapidamente, reduzindo a dor e o desconforto. Os tratamentos podem ser feitos em casa, mas caso as feridas estejam muito incômodas, é recomendado procurar um médico para iniciar um tratamento mais adequado, com pomadas antibióticas, analgésicas ou anti-inflamatórias.


Confira 5 dicas simples que ajudam a tratar qualquer queimadura de forma mais rápida e natural:


1. Esfriar bem a pele


A dica mais importante de todo o processo no cuidado com as queimaduras é esfriar bem a pele. Isso pode ser feito com um banho de água fria, deixando a água correr no local afetado por 5 a 10 minutos, para garantir que todas as camadas da pele esfriem e deixem de queimar.


2. Aplicar compressas frias de camomila


Depois que a queimadura esfriar, é normal que o desconforto continue, principalmente se estiver muito calor. Uma forma de aliviar a ardência é passar uma compressa fria com chá de camomila. A camomila tem propriedades calmantes e curativas que ajudam a reparar a pele.


Para fazer compressas frias de camomila, deve-se fazer um chá de camomila, deixar na geladeira até gelar e depois molhar uma gaze, um pedaço de algodão ou um pano limpo no chá. Por fim, deve-se retirar o excesso de líquido e aplicar as gazes sobre a pele queimada, deixando atuar por alguns minutos, várias vezes ao dia.


3. Evitar produtos de higiene


Os produtos de higiene, como o sabão e o sabonete, podem agredir a pele, favorecendo seu ressecamento e, por isso, em caso de queimadura de sol, o mais indicado é tomar um banho somente com água, pelo menos no local afetado, e sem esfregar a pele. Na hora de secar, também não é recomendado usar a toalha no local da queimadura, e sim deixá-la secar ao ar livre.

4. Hidratar a pele


Outra dica muito importante é hidratar bem a pele todos os dias, logo após o banho e várias vezes ao dia, aplicando um creme para combater o ressecamento da pele afetada. Também podem ser usados hidratantes e calmantes à base de plantas medicinais, como babosa, para diminuir o desconforto.


Para hidratar a pele de dentro para fora, é também recomendado beber pelo menos 1 litro de água por dia.


5. Consumir alimentos cicatrizantes


Alguns alimentos como o leite, o iogurte, o ovo, o atum ou o brócolis possuem propriedades cicatrizantes que ajudam a cuidar da pele e diminuir a inflamação da queimadura, promovendo uma recuperação mais rápida. Ao contrário, alimentos ricos em açúcar ou com muitos aditivos podem prejudicar a recuperação.


Assim, apostar em alimentos cicatrizantes e evitar os industrializados, por exemplo, é outra excelente forma de nutrir o corpo e ajudar na cicatrização da queimadura.

(Com informações do portal Tua Saúde)


Fonte: Metrópoles

3 visualizações0 comentário