top of page

Ex-BBB Eliezer revela ter ginecomastia, condição que causa o aumento das mamas; entenda



O ex-BBB Eliezer contou em seu Instagram neste final de semana que tem ginecomastia, uma condição que causa o inchaço do tecido mamário masculino.

"Por mais que eu sempre tenha levado isso muito 'de boa' com pessoas que 'me zoam', principalmente quando eu estava no BBB, é uma coisa que me incomoda muito e que piorou agora durante a gestação da Lua [sua filha com Viih Tube]", disse ele. Segundo o influenciador, o seu caso é resultado de um "desequilíbrio hormonal" que faz as mamas crescerem.

A ginecomastia é uma condição de saúde que pode ser resultado de diferentes de alterações hormonais. Apesar disso, em muitos casos, a sua causa específica costuma não ser conhecida.

O que é a condição? A ginecomastia é uma condição que faz com que o tecido mamário masculino inche e se torne maior que o normal. De acordo com o NHS, o serviço de saúde britânico, ela costuma ser mais comum em meninos adolescentes e homens mais velhos. Quais são as suas causas? Ainda segundo o NHS, a ginecomastia pode estar associada a diversas alterações hormonais, como o desequilíbrio entre os hormônios sexuais testosterona e estrogênio.

O estrogênio provoca o crescimento do tecido mamário. Embora todos os homens produzam um pouco de estrogênio, geralmente eles têm níveis muito mais altos de testosterona, o que impede que o estrogênio cause o crescimento do tecido mamário.

Por isso qualquer alteração hormonal do tipo pode fazer com que os seios de um homem cresçam. Justamente por essa razão a condição costuma ser comum nos seguintes grupos:

  • Meninos que estão na puberdade

  • Homens obesos (o aumento do peso pode aumentar os níveis de estrogênio)

  • Homens mais velhos (idosos costumam produzir menos testosterona).

O problema é que, às vezes, a causa desse desequilíbrio é desconhecida. Outras causas, porém, que podem estar associadas incluem:

  • Efeitos colaterais de certos medicamentos.

  • Uso de drogas, como cannabis ou esteroides anabolizantes.

  • Abuso de álcool.

  • Certas condições de saúde, como insuficiência renal ou doença hepática.

  • Síndrome de Klinefelter (um distúrbio genético raro).

Como é o tratamento? Certos medicamentos podem ser usados para ajustar o desequilíbrio hormonal do paciente que tem a condição.

Apesar disso, segundo a faculdade de medicina Johns Hopkins, como a maioria dos casos de ginecomastia ocorre durante a puberdade, a condição geralmente melhora com o tempo, sem a necessidade tratamento. Isso pode levar de 6 meses a 2 ou 3 anos.

Em alguns casos (mais raros), cirurgias costumam ser indicadas para remover o excesso de tecido mamário.


Fonte: G1

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page