Espondilite anquilosante: entenda doença que afeta Zé Felipe

Após conviver com fortes dores no corpo durante três meses, o artista sertanejo Zé Felipe foi diagnosticado com espondilite anquilosante. O jovem de 21 anos divulgou um vídeo em suas redes sociais em que fala sobre o problema e como ele pode impactar sua carreira.

Na postagem, o filho do cantor Leonardo afirmou que “estava sentindo dores nas costas, no pé, no joelho”. Depois de se consultar com médicos, o artista descobriu ser portador da grave doença, que ainda não tem cura e é progressiva – o que pode afastá-lo dos palcos futuramente.

Sintomas da espondilite anquilosante

O primeiro sinal da espondilite anquilosante sentido por Zé Felipe foi a perda de firmeza do pé ao levantar. Além disso, o cantor também percebeu que seu pescoço estava travado e até suspeitou de gota.

Zé Felipe sentiu falta de firmeza ao se levantar e o pescoço bastante rígido – Foto: Thiago Duran/AgNews

Dentre outros possíveis sintomas da espondilite anquilosante estão:

  1. Perda de mobilidade

  2. Dor na lombar que vem e vai

  3. Dor na coluna

  4. Dor e inchaço nas articulações dos ombros, joelhos e tornozelos

  5. Dor e rigidez no quadril

  6. Dor e rigidez que pioram com a falta de movimento

  7. Dor no calcanhar

  8. Rigidez matinal

  9. Dificuldade para respirar fundo

  10. Fadiga

  11. Febre

  12. Inflamação nos olhos ou uveíte

  13. Perda de peso

Diagnóstico

Desde que as dores se iniciaram, o sertanejo realizou diversos exames para verificar a causa dos sintomas. Porém, somente após três meses, um reumatologista foi capaz de diagnosticá-lo com espondilite anquilosante, também chamada de “artrite espondilite”.

A doença não costuma ser notada em fase inicial, sendo necessária uma ressonância magnética da coluna vertebral para reconhecer mais detalhes. Já em fase avançada, a doença pode ser identificada por exames de imagem menos complexos, como raio-X.

A espondilite costuma afetar mais homens do que mulheres, sendo ainda mais comum no final da adolescência até os 40 anos de idade.

Tratamento

A cada dois meses, Zé Felipe tem de tomar injeções para aliviar as dores. Como a espondilite anquilosante é uma doença sem cura, o tratamento consiste em amenizar os sintomas dolorosos.

O cantor só descobriu a doença três meses após os primeiros sintomas – Foto: Reprodução/Facebook

Cirurgias não são indicadas. Assim, para tratar a espondilite são recomendados medicamentos, fisioterapia e exercícios posturais e respiratórios para fortalecer os músculos.

Fonte: Minha Vida

#doença #Espondiliteanquilosante #ZéFelipe

3 visualizações0 comentário

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram