top of page

Entenda cirurgia que Diogo Defante realizou para corrigir olho caído



Conhecido pela espontaneidade, o bom humor e seu “olho caído”, o youtuber e humorista Diogo Defante anunciou em seu Instagram o início de uma nova era. Isso porque ele realizou uma correção de ptose palpebral, o que coloca fim à sua característica física mais conhecida. 


A ptose é a queda da margem palpebral, onde o músculo levantador da pálpebra superior não consegue realizar a abertura palpebral adequadamente. Daí o termo “olho caído”. A correção pode ter motivação estética, mas também funcional, como é o caso de Defante. O humorista chegou a mencionar que o problema estava prejudicando a sua visão.


Como é a cirurgia


De acordo com a Dra. Fernanda Fayad, oftalmologista do CBV-Hospital de Olhos e especialista em plástica ocular, a cirurgia de correção da ptose consiste na melhora da posição pálpebra superior, que nesses casos encontra-se mais baixa que o normal. 


“Dependendo do grau de ptose, ou seja, da queda da pálpebra, pode haver um comprometimento da pupila. Assim o eixo visual pode estar parcial ou totalmente obstruído. Com a correção da posição da pálpebra, libera-se a pupila e há melhora do campo de visão”, afirma.


Conforme a médica, existem diferentes técnicas cirúrgicas para essa correção e a escolha depende de cada caso. “Em casos como do Defante, onde a ptose foi provocada por um trauma, o músculo da pálpebra é normal e está apenas desinserido. Então, a cirurgia realoca o músculo na posição original”, explica a médica. 


Em 2020, em entrevista ao Flow Podcast, Defante explicou que seu quadro se tratava de uma ptose palpebral adquirida. “Foi algum trauma que rolou e o tendão ficou fraco, [o tendão] que faz o olho subir”, contou na época.


Ainda segundo Fernanda, não há como prever a durabilidade do resultado da cirurgia de ptose. Isso porque inúmeros fatores influenciam nesse processo, como a força da musculatura, a causa da ptose e até mesmo da idade do paciente. 


Diferença para a blefaroplastia


É comum existir certa confusão entre as cirurgias de blefaroplastia e de correção de ptose palpebral. Afinal, ambas são realizadas em pálpebra superior, e podem inclusive serem feitas no mesmo momento, tanto com o objetivo de melhorar a estética, mas também para melhorar o campo de visão.


Ainda assim, há diferenças entre os dois procedimentos. “Blefaroplastia é a cirurgia estética das pálpebras onde é feita a retirada dos tecidos em excesso, como pele e bolsas de gordura. Na cirurgia de ptose o objetivo é elevar a posição da pálpebra superior, que está mais baixa”, diz a médica. 


Fonte: Saúde em Dia

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page