Eduardo Bolsonaro, que integrou comitiva para Nova York, está com Covid


O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, disse nesta sexta-feira (24) numa rede social que está com Covid.


Ele estava na comitiva do governo que foi a Nova York no início da semana. Há três dias, outro integrante da comitiva testou positivo: o ministro da Saúde Marcelo Queiroga. De acordo com apuração da TV Globo, antes de Queiroga, um diplomata da comitiva foi diagnosticado com Covid. O governo não confirma a informação nem revela o nome do servidor. Comitiva aos Estados Unidos Queiroga testou positivo na terça-feira (21) e ficou em Nova York, de quarentena no hotel. Os outros membros da comitiva testaram negativo e voltaram para o Brasil. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que as autoridades da comitiva, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, permanecessem isoladas em casa nos próximos, já que podem desenvolver a doença em razão do contato com Queiroga.

Eduardo Bolsonaro é o primeiro dos que voltaram a testar positivo.

Ainda de acordo com a Anvisa, os demais integrantes da comitiva devem fazer testes no fim de semana. Quem estava na comitiva Veja as autoridades que estavam na comitiva presidencial aos Estados Unidos:

  • Jair Bolsonaro, presidente da República

  • Marcelo Queiroga, ministro da Saúde

  • Carlos Alberto França, ministro das Relações Exteriores;

  • Anderson Torres, ministro da Justiça e Segurança Pública;

  • Paulo Guedes, ministro da Economia;

  • Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente;

  • Gilson Machado, ministro do Turismo;

  • Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência;

  • Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência;

  • Eduardo Bolsonaro, deputado federal;

  • Flávio Rocha, secretário especial de Assuntos Estratégicos da Presidência;

  • Nestor Forster, embaixador do Brasil nos Estados Unidos da América;

  • Ronaldo Costa Filho, representante permanente do Brasil junto às Nações Unidas;

  • Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal;

  • Michelle Bolsonaro, primeira-dama;

  • Rodrigo de Bittencourt Mudrovitsch, convidado especial;

  • Paulo Angelo Liégio Matao, intérprete;

  • Claudia Chauvet, intérprete; e

  • Rachel Alves Bezerra, intérprete.

Comitiva de 2020 Esta é a segunda vez que uma comitiva que acompanha Bolsonaro nos Estados Unidos registra casos de Covid-19.

Em 2020, três integrantes do grupo que acompanhou Bolsonaro em uma extensa agenda que incluiu um encontro com o então presidente Donald Trump tiveram resultado positivo em testes de coronavírus: o secretário de Comunicação Social da Presidência, Fábio Wanjgarten, o senador Nelsinho Trad e o embaixador Nestor Forster.


Fonte: G1

7 visualizações0 comentário