top of page

Duas pessoas são diagnosticadas com gripe aviária na Inglaterra



Duas pessoas foram diagnosticadas com gripe aviária na Inglaterra, segundo afirmou a Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido (UKHSA, na sigla em inglês), nesta terça-feira (16/5).


Os infectados são avicultores que trabalhavam em uma granja onde já haviam sido confirmados casos de gripe aviária entre animais. Eles estão com o vírus influenza A (H5), mas não desenvolveram os sintomas da doença. A confirmação foi feita a partir de um programa de testes de assintomáticos para pessoas que estiveram em contato com aves infectadas.


“Com base no tempo de exposição e nos resultados dos testes, é provável que um indivíduo tenha tido contaminação do nariz e/ou garganta por material inalado na fazenda, enquanto para o segundo indivíduo é mais difícil determinar qual é o caso”, informou o órgão britânico em comunicado.

As autoridades não detectaram evidências de transmissão entre as pessoas. Elas afirmam que os dois casos positivos não alteram o nível de risco da gripe aviária para a saúde humana, que permanece “muito baixo” para a população em geral.


“As evidências atuais sugerem que os vírus da gripe aviária que estamos vendo circulando em aves em todo o mundo não se espalham facilmente para as pessoas. No entanto, já sabemos que o vírus pode se espalhar para as pessoas após contato próximo com aves infectadas e é, por isso que, por meio de programas de triagem como este, estamos monitorando as pessoas que foram expostas para aprender mais sobre esse risco”, afirma a professora Susan Hopkins, consultora médica chefe da UKHSA.

Fonte: Metrópoles

2 visualizações0 comentário
bottom of page