Doria estabelece multa para quem estiver sem máscara na rua em SP



O governador do estado de São Paulo João Doria anunciou nesta segunda-feira, 29, a aplicação de multa no valor de 500 reais para pessoas que estiverem em áreas públicas sem máscara. Estabelecimentos comerciais que forem flagrados com pessoas sem máscara também serão multados no valor de 5.000 reais por pessoa cada vez que isso acontecer.


A medida vale a partir de quarta-feira, 1º de julho, para todo o estado e a fiscalização ficará a cargo das vigilâncias sanitárias estadual e municipal. O dinheiro recebido por essas penalidades será revertido ao programa Alimento Solidário.


Ainda segundo Doria, o objetivo é alcançar uma taxa de 100% no uso de máscara no estado. Atualmente, o índice de uso de máscaras está em 97% na capital paulista e em 93% no estado.

“Quero lembrar que o uso de máscara passará, desde essa pandemia, a ser algo cotidiano nas nossas vidas, como vestir um par de sapatos, uma camisa, uma indumentária. As pessoas terão que usar máscaras até que tenhamos a vacinação feita na totalidade da população brasileira”, disse o governador durante coletiva de imprensa.


O uso de máscaras é obrigatório no estado de São Paulo desde o início de maio. O decreto já previa a aplicação de punições como multas que poderiam variar entre 276 reais e 276.000 reais e até mesmo detenção de um a quatro anos. No entanto, neste período, nenhum estabelecimento ou pessoa foi multado. Houve apenas orientação por parte dos fiscais.


Queda nos óbitos


O estado de São Paulo tem 275.145 casos e 14.398 óbitos confirmados por coronavírus desde o início da epidemia. Segundo Doria, houve uma redução de 144 mortes na semana passada, em relação à semana anterior. É a maior queda semanal desde o início da pandemia.


“No nosso monitoramento, que é feito diariamente dos casos e dos óbitos, nesta semana, a 26, temos uma redução de 144 óbitos em reação a semana 25, que foi a semana anterior. Isto traz como resultado o menor aumento percentual de toda a série histórica. Esta semana tivemos 14% de aumento”, afirmou João Gabbardo, coordenador executivo do comitê do Centro de  Contingência do estado de São Paulo.


A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 65% no estado e 66,% n Grande São Paulo. Atualmente 5.336 estão internados e UTI e 7.697 em enfermaria.


Fonte: Veja Saúde

13 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram