Covid-19: Saúde do DF destaca que testes são apenas para sintomáticos



Desde a segunda-feira (17/8), as 172 unidades básicas de saúde (UBSs) do Distrito Federal passaram a fazer o teste rápido para diagnóstico da covid-19. Contudo, a Secretaria de Saúde (SES) pede que os exames sejam feitos apenas em pessoas que apresentam sintomas da doença causada pelo novo coronavírus. As unidades foram abastecidas com 50 mil testes.


A SES destaca que todas as UBS possuem acolhimento específico para os pacientes com sintomas gripais. Após o atendimento da equipe, se identificada a necessidade de realização de teste, o paciente é encaminhado para realização conforme sintomatologia, podendo ser teste rápido ou RT-PCR. Os pacientes são acompanhados durante o isolamento domiciliar, por meio de contato telefônico ou por visita domiciliar.


A pasta ainda salientou que, até o dia 7 de agosto, realizou 477.716 testes rápidos e RT-PCR. Deste total, 56.447 tiveram resultado positivo para covid-19. O estoque atual é de 227.758 testes rápidos. Conheça os testes disponibilizados.

RT-PCR (swab)


Esse teste é recomendado no início da infecção, em pacientes que apresentam sintomas a partir do terceiro até o sétimo dia. É nesse período em que há maior quantidade do novo coronavírus no organismo humano. O material genético para o exame é retirado da mucosa do fundo do nariz com um cotonete. Esse exame fica pronto em até 48 horas e a equipe da unidade entra em contato com o paciente para informar o resultado.


Rápido


É feito com a coleta de uma gota de sangue, que reage em soro e identifica a produção dos anticorpos IgM e IgG que o organismo humano produz para enfrentar o vírus. O exame é indicado a partir do oitavo dia dos sintomas, período em que a detecção ocorre com mais precisão. O resultado desse exame sai em até 30 minutos.


Fonte: Correio Braziliense

6 visualizações0 comentário