Covid-19: pai escreve à família recado comovente antes de morrer

Jonathan Coelho, de 32 anos, morreu na quarta-feira (22/4) em Danbury, Connecticut (EUA), após uma batalha corajosa contra a Covid-19. Momentos antes ele havia deixado uma mensagem de despedida devastadora para a esposa e os dois filhos, que viralizou nas redes sociais, causando grande comoção.

Katie, 33, revela que dias depois do falecimento do marido, os pertences dele foram devolvidos para ela, dentre eles um celular. Ao ligar o aparelho, ela encontrou uma nota que ele havia escrito no dia anterior à sua intubação.

Jonathan também pede que ela deixe a mensagem para os filhos, Braedyn e PenelopeReprodução/gofundme

Jonathan Coelho, de 32 anos, morreu na quarta-feira (22/4) em Danbury, Connecticut (EUA), após uma batalha corajosa contra a Covid-19Reprodução/Facebook

Momentos antes ele havia deixado uma nota de despedida devastadora para a esposa e os dois filhos, que viralizou nas redes sociais, causando grande comoçãoReprodução/gofundme

Katie, 33, revela que dias depois do falecimento do marido, os pertences dele foram devolvidos para ela, dentre eles um celular. Ao ligar o aparelho, ela encontrou uma nota que ele havia escrito no dia anterior à sua intubação.

No texto, Jonathan dizia que amava a família dele de todo o coração e que ela havia dado a melhor vida que ele poderia ter pedido. “Tenho tanta sorte. Você me deixa tão orgulhoso de ser seu marido e pai de Braedyn e Penny.”

Ele ressalta que Katie é única para ele e faz um pedido. “Katie, você é a pessoa mais linda e atenciosa que eu já conheci … você é verdadeiramente única … certifique-se de viver a vida com a felicidade e a mesma paixão que fez eu me apaixonar você”, escreveu.

Jonathan também pede que ela deixe a mensagem para os filhos, Braedyn e Penelope. “Deixe que Braedyn saiba que ele é meu melhor amigo e tenho orgulho de ser seu pai e de todas as coisas incríveis que ele fez e continua a fazer. Deixe Penelope saber que é uma princesa e pode ter o que quiser na vida. Eu tenho tanta sorte…”, finalizou a vítima.

Complicações no hospital

Após testar positivo para o novo coronavírus em 26 de março, Jonathan foi internado no hospital com problemas respiratórios graves. Inicialmente, era esperado que ele ficasse internado apenas por um fim de semana, mas ele acabou sendo levado à UTI e colocado em oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO).

O pai amoroso lutou por 28 dias no hospital, 20 deles com o apoio do ventilador. Uma campanha foi lançada no site gofundme por amigos da família para pedir ajuda com doações para Katie, para ajudá-la com as despesas da casa. Jonathan era o único provedor e o filho do casal tem paralisia cerebral.

Na campanha, eles destacaram que Jonathan era o ser humano mais amoroso e bondoso que conheciam. “Ele é o marido e pai mais incrível. Ele adora Katie e seus filhos. Esse era o seu pior medo, ele sempre falava sobre como estava preocupado que algo lhe acontecesse e ele não estivesse aqui para nós. E seu pior medo se tornou realidade”, disse o texto da vaquinha on-line.

Fonte: Metrópoles

#covid19 #família #morte #recado

3 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram