Contra coronavírus, governo do DF anuncia doação de 1 milhão de máscaras para população

Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o governo do Distrito Federal (GDF) anunciou, nesta sexta-feira (17), que vai doar 1 milhão de máscaras reutilizáveis para moradores da capital. A distribuição está prevista para os próximos 15 dias.

Segundo o governo do DF, a distribuição das máscaras ocorrerá em locais de grande circulação de pessoas, como transporte público, no comércio e em agências bancárias. O cronograma exato da distribuição não foi divulgado.

A ação é fruto de uma parceria com a Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra-DF), que cuidará da confecção do material junto a produtores, e o Banco de Brasília (BRB), que vai ofertar R$ 1 milhão para a compra das máscaras.

O valor é suficiente para garantir a compra de 450 mil unidades. O restante será custeado por meio de doações feitas ao Comitê de Emergência Covid-19. Interessados podem doar por meio da conta bancária abaixo:

  1. Banco de Brasília

  2. Agência 0100-7

  3. Conta corrente n° 062.958-6

  4. CNPJ n° 00.394.684/0001-53.

Reabertura de comércios

26 de março - Comércio fechado na W3 Sul, em Brasília — Foto: G1/Carolina Cruz

26 de março – Comércio fechado na W3 Sul, em Brasília — Foto: G1/Carolina Cruz

A distribuição de máscaras é uma das medidas adotadas pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) para poder reabrir o comércio com maior segurança a partir do dia 4 de maio. Em entrevista à TV Globo, nesta sexta-feira, ele disse que o uso das máscaras nas ruas será obrigatório (veja vídeo abaixo).

“Nós vamos baixar um decreto obrigando o uso de máscaras no Distrito Federal pra toda a população na rua e aí também nos shoppings.”
Ibaneis diz que vai obrigar uso de máscara para a população

Ibaneis diz que vai obrigar uso de máscara para a população

Uso das máscaras

No dia 1º de abril, o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que as máscaras de proteção podem servir como barreira eficiente para a população em geral contra o novo coronavírus. No entanto, ele incentivou o uso de máscaras alternativas, preservando as cirúrgicas e as N95 para os profissionais de saúde.

Imagem mostra um homem doente (à esquerda) falando com uma pessoa saudável (à direita), ambos com máscara. Nesse caso, a chance de contágio por Covid-19 é baixa. — Foto: Reprodução/TV Globo

Imagem mostra um homem doente (à esquerda) falando com uma pessoa saudável (à direita), ambos com máscara. Nesse caso, a chance de contágio por Covid-19 é baixa. — Foto: Reprodução/TV Globo

Mandetta reforçou que “qualquer pessoa” pode fazer máscaras de pano como barreira contra o vírus. Antes da afirmação, a recomendação do governo federal era de uso somente por profissionais de saúde e pessoas com sintomas ou com casos confirmados da Covid-19.

De acordo com Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), qualquer pessoa pode fazer uso de máscaras de uso não profissional, inclusive crianças e pessoas debilitadas. Mas, é importante respeitar regras como:

  1. Não compartilhar

  2. Lavar após o uso

  3. Descartar em locais adequados

Máscaras caseiras

Produtoras rurais produzindo máscaras de tecido no DF — Foto: Emater-DF/Divulgação

Produtoras rurais produzindo máscaras de tecido no DF — Foto: Emater-DF/Divulgação

A Anvisa ressalta ainda a importância de incentivar as pessoas a fazerem máscaras de tecido. O objetivo, diz a agência, “é estimular a população a buscar uma solução de baixo custo e de mais fácil acesso para reforçar a proteção contra o novo coronavírus (Sars-CoV-19)”.

Segundo a Anvisa, as máscaras de tecido e artesanais devem ser feitas com tecidos 100% algodão ou cotton. Também pode ser utilizado o Tecido Não Tecido (TNT), feito de material sintético – “desde que o fabricante garanta que o produto não causa alergia e seja adequado para uso humano”, alerta a agência.

Devem ser evitados os tecidos que podem irritar a pele, como poliéster puro e outros sintéticos. Além disso, a máscara deve ser feita nas medidas corretas para cobrir totalmente a boca e o nariz, sem deixar espaços nas laterais.

Fonte: G1

#máscaras #população #1milhão #coronavirus #df

4 visualizações0 comentário