top of page

Contato com a natureza pode diminuir o uso de medicamentos para pressão, asma e ansiedade



Caminhar no parque, aproveitar espaços abertos e arborizados ou ficar em contato com a natureza pode diminuir o uso de medicamentos para pressão alta, ansiedade, insônia, depressão e asma, segundo um estudo finlandês publicado na revista Occupational & Environmental Medicine.

Os pesquisadores descobriram que aproveitar a natureza até quatro vezes por semana reduz:

  • Em 36% as chances de tomar remédio para a pressão arterial

  • Em 33% as chances de uso de medicamentos para saúde mental

  • Em 26% as chances de usar medicamentos para asma

Para chegar a essa conclusão, os cientistas do Instituto Finlandês de Saúde e Bem-Estar analisaram as respostas de 6 mil residentes escolhidos aleatoriamente de Helsinque, Espoo e Vantaa (cidades que compõem a maior área urbana da Finlândia). Os entrevistados falaram sobre:

  • O uso de espaços verdes e azuis a um quilômetro de suas casas. Os espaços verdes incluíam florestas, jardins, parques, cemitérios, pântanos, pastagens naturais e zoológicos. Os azuis reuniam lagos, rios e mar.

  • O uso de medicamentos para ansiedade, insônia, depressão, pressão alta e asma.

  • Com que frequência eles visitavam espaços verdes (ou se exercitavam), durante maio e setembro.

Segundo os pesquisadores, a frequência de visitas a espaços verdes foi associada à diminuição das chances de uso de medicamentos. "A frequência de visitas a espaços verdes foi o único tipo de exposição à natureza que apresentou associação inversa com o uso de medicamentos. Esse achado está de acordo com evidências preliminares que enfatizam a importância do uso real de espaços verdes em relação à saúde mental e sugere que o mesmo vale para outras condições de saúde, como asma e hipertensão", dizem.


Fonte: G1

4 visualizações0 comentário
bottom of page