top of page

Condição que faz com que pessoa tenha aparência de criança pode ser causada por deficiência hormonal



A morte de um rapaz de 20 anos no Pará com aparência de uma criança chamou a atenção da internet na última quarta-feira (4). José Roberto Gomes Alves era conhecido como Molequinho e foi morto a tiros em Castanhal.


O g1 procurou especialistas que explicaram que essa aparência pode ser causada por uma deficiência hormonal. A doutora em endocrinologia pela USP Lorena Lima afirma que a vítima parece apresentar hipogonadismo, um mal funcionamento das gônadas. “Essa situação pode acontecer se a pessoas tem algum atraso puberal ou alguma situação de hipogonadismo, ou seja, ela tem um mal funcionamento das gônadas. As gônadas são os testículos nos homens e o ovário nas mulheres. Com isso, leva essa pessoa a não desenvolver características de pessoas com mais idade”, disse a médica Lorena Lima. A aparência da vítima pode ter sido causada por uma deficiência na produção ou ação de hormônios. O endocrinologista João Eduardo Salles afirma que um eventual tratamento para caso como este envolveria reposição de hormônios.

"Provavelmente, ele tem alguma deficiência na produção ou na ação do hormônio de crescimento, que é o GH. Quando a criança não é estimulada pela presença do GH, isso faz com que ela não desenvolva aspectos de uma pessoa mais velha. Ou algum problema hipofisário, um defeito na produção do hormônio da hipófise que desencadeia a puberdade. Isso chama hipogonadismo. O tratamento pode ser feito com a reposição dos hormônios", diz Salles. Deficiência de hormônios pode causar complicações A médica Lorena Lima disse ainda que a ausência de testosterona pode causar complicações, entre elas: depressão, anemia, osteoporose e infertilidade.

"Algo aconteceu no corpo dele e fez com que ele não tivesse acesso a testosterona. O que faz a criança tomar forma de adulto é a testosterona, no caso dos homens. Como ela não tem [o hormônio], ela não tem a forma de adulto. Ela fica com a forma de criança para sempre. A ausência de testosterona pode fazer com que ela tenha depressão, anemia, osteoporose, diminuição da massa muscular, infertilidade, disfunção erétil. Uma seria de situações".

Salles completa: "É um paciente que não desenvolveu a forma adulta. Ele pode ter doenças associadas a essa não produção de hormônio. Não faz com que ele aumente o risco de morte, mas ele (um paciente que não produz hormônios) vai ter uma qualidade de vida ruim", disse.


Fonte: G1

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page