Como identificar se um alimento é orgânico no supermercado?


 
 

O interesse por alimentos orgânicos vem crescendo no Brasil. Entre 2019 e 2021, o número de consumidores aumentou 63%, diz pesquisa da Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis).


Segundo a instituição, o principal motivo para as pessoas começarem a comprar alimentos orgânicos é "para melhorar a saúde", sendo a resposta de 47% dos entrevistados. Você faz parte desse grupo? Veja abaixo como descobrir se um produto é orgânico no supermercado. Você sabe o que é orgânico? São alimentos orgânicos aqueles cultivados em lavouras que:

  • não fazem uso de agrotóxicos;

  • não prejudicam o meio ambiente;

  • não usam técnicas que degradam o solo;

  • os direitos dos trabalhadores são respeitados.

  • não possuem transgênicos;

Os alimentos transgênicos são aqueles que podem ter sido modificados de duas formas. A primeira é uma espécie de seleção natural, onde os grãos de duas ou mais variedades se misturam. Isso pode acontecer ainda no campo.

A segunda é a alteração genética feita em laboratório. Neste caso, certas características são unidas em um só produto, como por exemplo, a resistência a insetos, com tolerância a herbicida, obtendo um produto com os dois benefícios. Produtos caros Apesar do crescente interesse pelos produtos, os alimentos orgânicos ainda são considerados caros. Eles custam 30% a mais do que o mesmo item cultivado de forma convencional, aponta a Organis.

Uma das razões para isso é que a produção orgânica tem uma responsabilidade socioambiental maior, que é prevista em lei e é fiscalizada, o que exige mais investimentos por parte do produtor rural. Além disso, a agricultura orgânica é feita, em sua grande maioria, em pequenas propriedades, administradas, em muitos casos, por agricultores familiares. Como resultado, a produção é pequena.

A colheita também é mais lenta, pois é preciso respeitar a sazonalidade de cada alimento e toda a fertilização e defesa contra pragas e fungos é feita com controle biológico.


Fonte: G1

1 visualização0 comentário