Como ajudar uma mãe que passou por uma cesárea



A recuperação de uma cirurgia nem sempre é fácil, principalmente no caso de quem passa por uma cesárea e ainda têm que cuidar de um bebê ou mais. Por isso, a rede de apoio é extremamente importante nesse momento, para que a mulher não faça tanto esforço e acabe comprometendo sua saúde. "As mães que se sobrecarregam podem ter uma piora no quadro pós-cirúrgico, tendo uma infecção, distensão dos músculos e até mesmo abrir os pontos", explica a ginecologista e obstetra, Erica Mantelli.


Mas, como ajudar uma mulher que passou por uma cesárea? A especialista deu algumas dicas sobre quais movimentos são mais críticos para a mãe e como ajudá-la. Confira!


AJUDE NAS TROCAS DO BEBÊ E COM O BANHO


Ficar se levantando o tempo todo não é recomendado para quem passou por uma cesárea. "O movimento de levantar da cama faz uma força abdominal e isso pode gerar dor no lugar da cicatriz", explica a ginecologista. Então, o ideal é ajudar a mãe a sair da cama nos primeiros dias e até mesmo fazer as trocas do bebê em alguns momentos.


Isso não quer dizer que a puérpera não possa trocar o bebê. Quando estiver mais disposta e bem, ela pode tranquilamente tirar a fralda do filho, o ideal é só realmente evitar se levantar constantemente. Assim, se alguém levar a criança para a mãe, já é uma grande ajuda!


A especialista diz que o peso do bebê também não é um problema para quem está se recuperando de uma cirurgia. No entanto, se uma pessoa assumir a função de dar banho na criança, algumas vezes, pode fazer com que a mãe tenha mais tempo para descansar.


OFEREÇA AJUDA


Muitas vezes, as mulheres têm vergonha de pedir ajuda para não passar a ideia de que não estão dando conta. "É importante que as pessoas tenham a sensibilidade de oferecer ajuda de uma maneira delicada", Erica ressalta. Uma dica é dizer que você irá ficar com o bebê por um tempo para a mãe descansar ou tomar um banho. Fale que se tiver algum problema, ela será chamada. "Essa é uma forma de ela se sentir incluída e descansar também".


AJUDE NA LIMPEZA


Os cinco primeiros dias após a cirurgia são os mais críticos, sendo necessário um repouso mais atento. Depois das primeiras semanas, a mãe vai progredindo em suas atividades, mas isso não significa que já está liberado levantar peso! Então, nada de querer fazer faxina!

Por isso, se alguém puder assumir as tarefas domésticas é uma boa forma de tornar a recuperação das puérperas menos penosa. Dessa forma, elas não terão que se sentir culpadas e ansiosas em ver a casa bagunçada.


UMA COMIDINHA QUENTINHA


Enquanto a mãe estiver tomando um banho, que tal fazer uma comida quentinha para ela? Isso já é uma ajuda muito bem-vinda. A dica da ginecologista é evitar alimentos industrializados e condimentados. Segundo a médica, comidas gordurosos podem causar gases e mais dor abdominal. Então, aposte nas verduras, frutas e alimentos naturais!

Uma outra dica da obstetra para a mãe é deixar algumas comidas congeladas antes do parto. Assim, só preciso esquentar depois.


Fonte: Revista Crescer

5 visualizações0 comentário

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram