Com pneumonia, mulher descobre que seus órgãos estão do lado errado



A russa Olesya Kulikova, de 27 anos, sofre com muitos problemas de saúde desde a infância. Ela já teve pneumonia, asma e dores de estômago severas, mas só aos 14 anos os médicos começaram a entender o que estava acontecendo com a jovem — foi quando eles descobriram que o coração da russa estava localizado do lado direito do corpo.


Cerca de quatro anos depois, ela descobriu que seu fígado também estava do lado errado do corpo. Só aos 24 anos, quando foi hospitalizada por uma pneumonia, Olesya recebeu um diagnóstico completo: com os pulmões também ao contrário, e ela tem Situs Inversus Totalis. A anormalidade se dá quando todos os órgãos essenciais estão espelhados e localizados do lado oposto ao que deveriam estar.


“Todas as vezes que eu vou ao hospital, preciso explicar que meu coração está do lado direito e não do esquerdo, como em todas as pessoas”, conta, em entrevista ao site NeedToKnow. Ela já foi ao hospital com dor de estômago, mas na verdade estava com pedras nos rins — por conta da localização dos órgãos, o diagnóstico é mais complicado.


Em 2021, Olesya foi diagnosticada com mais uma síndrome, a de Kartagener, que é uma doença hereditária que dificulta a movimentação de fluidos e partículas dos pulmões. A condição explica por que ela tem tantos problemas de pneumonia e asma, além de falta de ar e tosse constante.


Apesar da anomalia e da síndrome, a russa conta que tenta viver a vida normalmente, e usa as redes sociais para alertar outros pacientes pelo mundo. A Situs Inversus Totalis ocorre em um a cada 10 mil nascidos.


Fonte: Metrópoles

16 visualizações0 comentário