top of page

Com 52 chips de metal no corpo, mulher é eleita a melhor ‘ciborgue’ do mundo pelo Guiness Book



Uma mulher de 48 anos, artista de acrobacias e mágicas foi nomeada como a melhor ciborgue do mundo pelo Guinness Book depois de implantar 52 chips de metal em seu corpo. Anastasia Synn é capaz de fazer tudo, desde abrir fechaduras até realizar truques de mágica por conta dessas tecnologias.


Os chips estão localizados por todo o corpo e em pontos estratégicos, como: pulsos, peito, braços e orelhas. “Posso anunciar oficialmente que sou o ser humano mais tecnologicamente implantado do mundo”, afirma.

Um de seus implantes inclui o maior ímã já colocado em uma pessoa, bem como um ímã transmissor de som em seu ouvido. Synn compartilhou: “O maior tem cinco centímetros de largura e meia polegada de espessura”.

Um dos chips, que ela tem na mão, por exemplo, lhe permite abrir a porta da frente, outros são magnéticos permitem que ela sinta coisas como fios energizados atrás de paredes ou se uma caixa de energia está funcionando. Outros ajudam ela encontrar objetos perdidos pela casa. Ela também tem chips para ligar para a família — um no pulso esquerdo para a filha e outro no pulso direito para o marido. Para conseguir o recorde mundial, Synn precisou provar que eles estavam dentro dela e mostrar o que cada um faz. Porém, ela planeja implementar mais, incluindo um scanner na perna e etiquetas nas cartas de baralho para que possa lê-las com os olhos fechados durante os jogos de pôquer. “O computador escanearia o cartão e saberia que era a rainha de copas, enviaria essa informação para o meu telefone via Bluetooth, que então enviaria essa informação para o aplique de cabelo Bluetooth que faria vibrar os ímãs em meus ouvidos”.


Fonte: O Globo

4 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page