Cinco sinais que podem indicar deficiência de vitamina E



A vitamina E é um nutriente envolvido na realização de várias funções importantes para o corpo. Ela ajuda a proteger as células dos danos provocados pelos radicais livres, estimula o sistema imunológico e colabora para evitar a arteriosclerose – enrijecimento das artérias, problema que está relacionado às doenças cardíacas.


“A vitamina E desempenha papel importante na composição das membranas celulares, conferindo proteção contra agentes oxidativos”, explica a nutricionista Laura de Souza e Silva, da clínica Nutrindo o Conhecimento.

Quando há deficiência de vitamina E, o corpo dá os seguintes sinais:


1. Fraqueza muscular


Sem receber a quantidade de vitamina E adequada, os músculos podem passar por um estresse oxidativo. Isso ocorre quando há um desequilíbrio entre os radicais livres e os antioxidantes no organismo.


2. Problemas de coordenação


A falta de vitamina E também pode levar à quebra dos neurônios de Purkinje no cérebro – esses neurônios são cruciais para a coordenação e o controle dos movimentos.


3. Dormência e formigamento


Em alguns casos, a falta de vitamina E pode causar neuropatia periférica, uma condição que resulta em problemas para a transmissão de estímulos nervosos e gera dormência nas mãos e nos pés.


4. Sistema imunológico enfraquecido


A vitamina E ajuda a impulsionar o sistema imunológico, apoiando a produção das células T. Em caso de deficiência de vitamina E, é mais difícil combater infecções.

5. Visão embaçada


A falta de vitamina E também pode enfraquecer os receptores de luz na retina, levando a problemas de visão como vista embaçada.


O que causa a falta de vitamina E?


A carência de vitamina E raramente está relacionada à dieta e, normalmente, aparece em pessoas com condições genéticas ou problemas médicos que impedem o corpo de absorver e processar o nutriente adequadamente.


A nutricionista Isabela Zago, especialista em Nutrição Esportiva e Fisiologia do Exercício, destaca que a inclusão de gorduras boas na dieta é muito importante para o aproveitamento do nutriente. “Ela é uma vitamina lipossolúvel, isso significa que precisa de gordura para ser incorporada aos processos metabólicos do corpo”, detalha.


Em que alimentos posso encontrar a vitamina E?


Segundo Laura de Souza e Silva, as melhores fontes de vitamina E são carnes, ovos, oleaginosas, sementes, vegetais verdes escuros e linhaça.


Fonte: Metrópoles

2 visualizações0 comentário