top of page

Chocolate depois do almoço? O que desejo por alguns alimentos revela sobre sua saúde



Quem nunca teve aquela vontade incontrolável de comer um chocolate depois do almoço?

Desejos por alguns tipos de comida, como chocolate ou batata frita, podem acontecer quando menos você espera.

Mas é importante ficar atento: esses desejos podem indicar que você precisa fazer ajustes no seu estilo de vida — seja na alimentação especificamente ou em cuidados com seu bem-estar. Desejos estão ligados ao estresse, cansaço e exaustão "Quando você está com desejo por uma comida — seja chocolate ou batata frita, é importante questionar qual é a razão por trás disso", diz a nutricionista Sejal Jacob à BBC. "Os desejos podem surgir por vários motivos, incluindo desequilíbrio nos níveis de açúcar no sangue, estresse, falta de sono ou, no caso das mulheres, alterações hormonais." O sono, por exemplo, ajuda a regular os hormônios da fome:

"Não dormir bem é para muita gente um gatilho forte para vários desejos por comida. Isso afeta o corpo alterando os hormônios da fome", explica a nutricionista. "Quando você não está dormindo o suficiente, seu corpo vai produzir mais grelina — hormônio que aumenta a fome e apetite. Também reduz o hormônio leptina, que faz você se sentir satisfeito. Por causa deste desequilíbrio, seu corpo começa a sentir fome, e ao longo do dia anseia por uma dose rápida de energia, muitas vezes na forma de carboidratos refinados ou doces." E, de acordo com Sejal, nosso corpo também começa a desejar este tipo de alimento se você estiver ansioso.

"O estresse é um grande agravante para os desejos... É o mesmo se você está se sentindo ansioso ou em pânico. Normalmente, as pessoas vão atrás de coisas doces, porque sempre acham que vão conseguir aquela solução rápida para se sentirem confortáveis ​​e confiantes, e você está procurando alimentos que ofereçam um reforço rápido nos seus níveis de serotonina e dopamina." Quanto ao impacto dos hormônios nas mulheres, estudos mostram que o ciclo menstrual pode interferir nos hormônios esteroides na fase lútea (período entre a ovulação e o início da menstruação), levando a desejos por carboidratos e alimentos doces.

Mas, segundo Sejal, desfrutar de um desejo ocasional não é problemático se sua dieta for bem equilibrada.

"Eu sei que não parece certo. Mas, às vezes, a melhor coisa a fazer é se permitir desfrutar a comida que você está com desejo sem qualquer culpa. Ao satisfazer desejos alimentares específicos, é menos provável que você abuse."

"Você precisa se certificar de comer a comida de forma consciente, realmente apreciá-la. Se você não se permitir a guloseima, vai acabar desejando ainda mais, e provavelmente vai acabar comendo bem mais do que teria de outra forma. Tente não embarreirar o seu desejo. Se você gosta de um biscoito, coma o biscoito. Aproveite cada mordida, e siga em frente." No entanto, se os desejos se tornarem mais frequentes, pode causar problemas…


Fonte: G1

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page