China lança teoria de que coronavírus chegou a Wuhan por carne importada e suspeita do Brasil



Uma reportagem do diário chinês Global Times publicada neste domingo (6) apresenta uma nova teoria que coloca o Brasil como possível suspeito de ter introduzido o novo coronavírus em Wuhan, de forma inconsciente.


Segundo a matéria, assinada por três jornalistas chineses, o coronavírus SARS-CoV-2 teria chegado ao país através de produtos importados de países da Oceania ou da América do Sul, e o Brasil seria um dos principais suspeitos.


A teoria do Global Times se baseia no fato de que, desde que o surto em Wuhan foi erradicado, a China teve outros quatro surtos oficialmente registrados em outras regiões do país, e em todas elas as investigações apontaram que a origem mais provável é a presença do vírus em embalagens de carne importada. Além disso, em três desses quatro casos o Brasil aparece como responsável por essas embalagens infectadas.


“O mercado de Wuhan trabalhava com produtos de origem animal importados de diferentes países da América do Sul, e alguns da Oceania. Também com produtos do interior da China e de outros países asiáticos, mas chama a atenção o fato de que nos surtos posteriores a origem sempre foi de outros continentes”, explicou Wu Zunyou, epidemiologista-chefe do Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças, entrevistado pela matéria.


O especialista também afirma que “a teoria de que o coronavírus SARS-CoV-2 ter sido transmitido de produtos da cadeia de frio para Wuhan não é conclusiva, mas não pode ser descartada”.


Fonte: Revista Forum

6 visualizações0 comentário