Check-up anual: veja quais são os exames mais importantes


 
 

Fazer exames de rotina é uma medida de prevenção importante, especialmente, para diagnosticar doenças que não apresentam sintomas e se desenvolvem silenciosamente. Além disso, o check-up também ajuda no controle de condições crônicas, como a hipertensão e a diabetes.


O médico Gabriel Resende, clínico do Hospital Santa Marta Asa Norte, comenta que os check-ups anuais devem ser realizados sob orientação médica para que levem em consideração as particularidades dos pacientes.


Principais exames de rotina


O especialista explica que as avaliações gerais, como também são conhecidos os check-ups, devem avaliar o quadro hormonal e as questões do metabolismo do paciente.

Nesse sentido, os principais exames de check-up são:

  • Glicemia em jejum;

  • Hemograma;

  • Ureia e creatinina;

  • Ácido úrico;

  • Colesterol total e frações;

  • Triglicerídeos;

  • TGO/AST e TGP/ALT;

  • TSH e T4 livre;

  • Fosfatase alcalina;

  • Gama-glutamiltransferase (GGT);

  • PCR;

  • Exame de urina;

  • Exame de fezes.

“Não existe tempo padrão para sua realização, porém, muito se prega sobre a realização dos exames de maneira anual, afim de investigar prováveis patologias assintomáticas ou de difícil investigação e diagnóstico”, afirma o clínico geral.


Casos específicos


Cada avaliação tem sua indicação e deve-se evitar a realização de exames desnecessários e sem indicação médica. Gabriel Resende recomenda que pacientes com doenças crônicas solicitem os exames aos seus médicos pessoais pois isso facilita a indicação de acordo com o perfil.

“Não devemos esquecer de que pacientes com perfis especiais (idosos e atletas) devem sempre ser avaliados por especialistas, uma vez que as alterações podem ser correlacionadas com seu perfil biofísico”, ressalta o médico.

Exames cardiológicos


A partir dos 40 anos, também há indicação para a realização de exames anuais que avaliem a saúde do coração. Os principais são o eletrocardiograma e o ecocardiograma, que identificam doenças congênitas ou do pericárdio, insuficiência cardíaca, arritmias e taquicardias.

O teste ergométrico, também chamado de exame de esforço, pode ser solicitado e consiste em andar numa esteira com eletrodos espalhados pelo corpo, para avaliar a resposta do sistema cardiovascular. A partir do teste ergométrico é possível apontar o risco de infarto de um indivíduo ou diagnosticar uma doença arterial coronariana.


A pressão arterial também deve ser avaliada, pois seu acompanhamento previne riscos de infarto, derrame e detecta a hipertensão.


Avaliações médicas para mulheres


No caso das mulheres, é importante que sejam realizados de forma anual, preferencialmente, exames específicos, como papanicolau, colposcopia, vulvoscopia, ultrassonografia de mamas e ultrassonografia transvaginal. A partir desses exames, o/a ginecologista pode verificar se a mulher apresenta alguma infecção, cisto ou alteração no aparelho reprodutivo.


Avaliações médicas para homens


É recomendado que homens a partir dos 40 anos realizem exames específicos como ultrassonografia de próstata e dosagem do hormônio PSA para que os médicos avaliem se há sinais de câncer de próstata.


Fonte: Metrópoles

6 visualizações0 comentário