Carnaval terá testes para identificar DSTs e distribuição de camisinhas

Que o Carnaval é sinônimo de folia, curtição e pegação, isso todo mundo já sabe – e muito bem, diga-se de passagem. Mas é preciso compreender que a festa deve ser também sinônimo de cuidado com a saúde. E foi pensando justamente nisso que a prefeitura lançou nesta quarta-feira (19) a campanha ‘Fique Sabendo’, iniciativa municipal contra doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), que ocorrerá durante a folia.

O evento de lançamento ocorreu no Módulo I de Saúde da Barra, instalado exclusivamente para a realização de testes gratuitos de HIV, Sífilis e Hepatites B e C. O espaço fica localizado na Rua Dias D’ Ávilla, em frente à agência do Bradesco e na transversal com a Marques de Leão.

Nesta terça, o prefeito ACM Neto e o secretário Municipal de Saúde (SMS), Leo Prates, vistoriaram o módulo. Além dos testes de DSTs, segundo o gestor municipal, os módulos de saúde irão realizar também testes de Zika, Dengue e Chicungunya, além de testes para detectar problemas cardíacos.

Para Neto, as 11 unidades de saúde instaladas nos circuitos da folia estão aptas a dar suporte aos possíveis casos detectados. “Hoje a gente acompanha a conclusão das instalações. As unidades darão o suporte aos problemas que aconteçam durante a festa. 97% desses problemas são resolvidos dentro da própria unidade, que são normalmente os menos graves. Aqueles mais graves, essas unidades têm capacidade para fazer a estabilização do paciente e encaminhar para uma das nossas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou um dos hospitais da cidade”, afirmou o prefeito, que destacou a preocupação da prefeitura em relação à saúde dos foliões durante o Carnaval.

“O Fique Sabendo é uma forma da pessoa fazer o exame e descobrir se é portadora de alguma doença como HIV, Hepatite e Sífilis. Quando houver detecção positiva, a prefeitura vai encaminhar imediatamente esses pacientes para o início do tratamento”, disse.

ACM Neto reforçou também a campanha da prefeitura de distribuição de camisinhas durante a festa e aproveitou para deixar uma mensagem pra os foliões.

“Vamos fazer um trabalho amplo de distribuição de preservativos. A gente apela pelo sexo seguro, não há nenhuma restrição em fazer sexo, mas tem que ser com camisinha. Vamos distribuir esses preservativos nos circuitos e nos bairros onde acontecem as festas. Aproveitamos o Carnaval para trazer uma mensagem de prevenção à saúde e cuidado com a vida. Carnaval é momento de alegria, de celebração e a gente quer que as pessoas possam celebrar com segurança”, completou.

De acordo com Leo Prates, a SMS conta com um estoque de 11 milhões de preservativos para serem distribuídos pelos módulos de saúde durante o Carnaval.

“Essa é uma coisa muito importante para nós. Estamos fazendo esse módulo aqui e no Centro, que faz parte do programa ‘Fique sabendo’, que foi uma ideia implementada no ano passado pelo ex-secretário Luiz Galvão. Esse ano vamos fazer testes rápidos onde as pessoas saberão se contraíram as doenças na hora. Estamos fazendo isso para preservar o cidadão, pedindo, especialmente aos jovens que se protejam”, disse o secretário.

Fonte: Correio 24 horas

#testes #doenças #Carnaval #dsts #camisinhas

1 visualização0 comentário

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram