Britânica arranca 11 dentes sozinha após não conseguir consulta em sistema público de saúde


Danielle Watts, de 42, anos decidiu extrair 11 dentes de sua boca sem anestesia após sofrer por mais de dois anos com dores e não conseguir auxílio odontológico onde mora, no condado de Suffonk, na Inglaterra.


Antes da ação desesperada, a mulher apontou dificuldades em agendar consultas gratuitas pelo National Health System (Serviço Nacional de Saúde, em tradução livre), sem condições de pagar as alternativas particulares.

"Eu simplesmente não tinha a quem recorrer. Todos os lugares que tentei disseram que não estavam aceitando pacientes pelo NHS, mas ofereceram nos atender em consultas particulares", afirmou a mulher à BBC, que revelou o caso.

Com o tempo sem acompanhamento e com problemas se intensificando, a perda óssea e amolecimento dos dentes facilitaram a remoção. Ao tentar auxílio médico em um hospital, foi recomendada a não extrair e apenas tomar remédios para dor buscando aliviar a gengiva.


Cansada das alternativas oferecidas, a mulher tirou dois terços dos dentes com o auxílio de analgésicos para suportar a dor, mas acrescenta que não sofreu com rosto inchado, declarando estar aliviada.


Agora, lida com a dificuldade de se alimentar e sorrir, além de notar diferenças na fala: "Eu estou paranoica sobre como a minha voz soa, porque eu sei que as minhas frases não se formam mais da maneira correta".


Fonte: Aventuras na História

0 visualização0 comentário