Brasília entra em estado de emergência por risco de epidemia de dengue e febre amarela

Brasília entrou em um novo estado de emergência na saúde por causa de um risco de epidemia de dengue, de febre amarela e da possível reintrodução dos vírus zika e chikungunya.

No Distrito Federal o governador Ibaneis Rocha assinou um decreto declarando que a situação da capital federal é essa. Ele avalia que são necessários 10 milhões de reais extras para combater o problema e quer a ajuda do governo federal.

Com um decreto o governo pode contratar mais pessoas comprar insumos e fazer campanha de conscientização para que o Brasiliense, por exemplo, não jogue lixo em qualquer lugar – o que é visto pelo governador como uma das razões que têm dado mais força ao Aedes ao Aedes aegypti.

Em entrevista à CBN Ibanez responsabilizou o governo anterior e disse que esse mosquito não é dele. No ano passado Ibanez Rocha também decretou estado de emergência na saúde. Mas os números mostram que nada resolveu em 2019.

Brasília viveu a pior epidemia de dengue da história. A Secretaria de Saúde registrou mais de 47 mil casos prováveis e sessenta e duas mortes um número elevado em comparação com 2008 que teve cerca de dois mil e quatrocentos casos e duas mortes.

Fonte: CBN

#brasília #dengue #estadodeemergência

2 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram