Bebê internado em hospital municipal aguarda exame há dois meses



Um bebê internado no Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, está há dois meses esperando por um exame. Lucas Nilton Martins de Oliveira, de 1 ano e 6 meses, deu entrada na unidade após sofrer uma parada cardíaca e um derrame cerebral.


Lucas Nilton melhorou, mas, para receber alta, precisa realizar um procedimento chamado gastrostomia, mas o Pedro II não tem o equipamento necessário. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio, apenas três hospitais oferecem o exame.

Lucas Nilton entrou na fila do Sistema de Regulação (Sisreg), mas até a publicação desta reportagem ele não havia sido transferido. Enquanto a transferência não é feita, ele segue internado, já que somente com o resultado dos exames os médicos podem liberá-lo. Ao Bom Dia Rio, a mãe da criança explicou que ela só depende desse procedimento para voltar para casa. “Ele é cardiopata, teve enfisema pulmonar e derrame cerebral. Ele precisa de uma gastrostomia para ele ir para casa. O resto ele está bem, não tem necessidade mais de ficar no hospital, mas o hospital não está conseguindo uma vaga em outro”, disse a mãe. O que diz a prefeitura A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disse, por nota, que apenas algumas unidades da rede pública, como três hospitais municipais e três federais, fazem esse tipo de exame, que é muito específico.

A SMS afirmou que assim que tiver uma vaga com o perfil do menino ele será transferido, mas não há previsão.


Fonte: G1

5 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram