top of page

Batata-doce ou inglesa? Nutricionista revela qual é melhor para ganhar massa muscular



Quem frequenta academia e gosta de exercícios físicos sabe que em uma marmita de um amante do esporte tem que ter frango e batata-doce. A alimentação é uma das chaves principais para ter um bom ganho muscular. Ingerir vegetais, verduras, frutas, mas também carboidratos de boas fontes e proteínas, como carnes, peixes e frangos. Mas e a batata inglesa, será que ela também é tão boa quanto a doce para ganho muscular?

A resposta é sim. Tanto a batata-doce quanto a inglesa são excelentes fontes de carboidrato e que tem as mesmas funções para hipertrofia, ou ganho de massa muscular. Segundo a nutricionista e colunista do GLOBO, Priscilla Primi, a batata-doce tem um índice glicêmico menor do que a inglesa por conta de suas fibras — a primeira possui quase o dobro em relação a segunda. Ela também é rica em magnésio, cálcio, fibra alimentar, cobre, sódio e manganês.

Ambas têm a mesma quantidade de ferro, porém, a batata inglesa, por sua vez, é mais rica em vitamina C, contém mais amido e menos açúcar.

— Em relação a hipertrofia qualquer uma das duas pode ajudar nesse processo. A gente sabe que pra conseguir uma maior massa muscular é necessário comer carboidratos de boas fontes. A batata é uma excelente fonte de carboidrato que vai ajudar nesse processo de hipertrofia — disse Primi.

A especialista revelou que o paciente que não gostar ou não tem o costume de comer batata-doce, por exemplo, pode optar pela inglesa sem receio, pois ambas têm a mesma funcionalidade quando o assunto é hipertrofia.

— É importante ressaltar, porém, que quando o foco é hipertrofia, o principal é a proteína. A qualidade e a quantidade dela será determinante para ter o crescimento e a definição do músculo.


Fonte: O Globo

3 visualizações0 comentário
bottom of page