top of page

Argentina investiga pneumonia misteriosa que já matou duas pessoas



O Ministério da Saúde argentino comunicou, nessa quarta-feira (31/8), a morte de um homem de 45 anos com pneumonia bilateral (que atingiu os dois pulmões) na província de Tucumán. O óbito é o segundo causado por uma doença de origem desconhecida, que já resultou em outras internações na região.


As autoridades do país informaram que estão realizando investigações para descobrir a causa da pneumonia misteriosa, uma vez que os testes realizados descartaram os vírus causadores da Covid-19e de gripe e resfriados comuns. Segundo o Ministério da Saúde, “todos (os pacientes) foram submetidos a exames para Sars-CoV-2, Influenza tipos A+ e B+, hantavírus e 25 outros germes”.


Sintomas


Os pacientes apresentam quadro respiratório semelhante ao causado pelo coronavírus. A condição se apresenta de maneira mais grave do que a pneumonia comum, causando danos maiores ao pulmão.


De acordo com Luis Medina Ruiz, secretário de saúde da província, os casos foram identificados em cinco profissionais de saúde e um paciente internado na UTI do hospital de San Miguel de Tucumán, a cerca de 1.300 km de Buenos Aires.


As amostras coletadas foram enviadas ao Instituto de Microbiologia de Buenos Aires para mais análises. Enquanto isso, o hospital onde os pacientes foram atendidos está em lockdown e as pessoas com quem eles tiveram contato estão isoladas e sob monitoramento.


Causas ambientais


Os especialistas também estão fazendo testes no sistema de abastecimento de água e de ar-condicionado do hospital, com o objetivo de identificar se as infecções podem ter origem tóxica ou ambiental – como, por exemplo, a concentração de Legionella pneumophila, tipo de bactéria que afeta os pulmões, nos dutos de climatização do local.


Apesar de não se saber qual a origem da doença, os especialistas afirmam que os casos são isolados e não há motivos para preocupação.


Fonte: Metrópoles

14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page