Ar-condicionado faz mal à saúde. Mito ou verdade?

Com a aproximação da estação mais quente do ano, muita gente recorre ao ar-condicionado para se refrescar. Mas sempre surge uma dúvida: o uso constante do equipamento faz ou não mal à saúde?

Existem alguns mitos e verdades sobre esse assunto, de acordo com o pneumologista Elie Fiss, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Ele explica que o aparelho seca o ambiente para que o ar seja gelado. Por isso, pode afetar quem tem doenças respiratórias.

“A umidade muito baixa irrita as vias aéreas. Então, quem tem asma e bronquite crônica, por exemplo, pode ter alguma crise”, esclarece Fiss. Ambas são doenças caracterizadas justamente pela inflamação das vias aéreas.

Existem algumas opções para resolver a situação, como o uso de uma toalha molhada para umedecer as narinas e a colocação de um balde de água no local.

A transição entre diversos ambientes, com ar quente e frio, também exige atenção pois pode causar o mesmo problema. “É aconselhável não deixar a temperatura muito baixa, para evitar essa diferença grande entre o ambiente externo e interno e o choque térmico”, alerta.

O médico diz que deve haver cuidado com a exposição de crianças pequenas ao ar-condicionado. “É preciso moderar, pois elas têm o organismo mais sensível”. Além disso, o especialista ressalta que dormir com o ar-condicionado ligado só é prejudicial para quem já apresenta sensibilidade em órgãos respiratórios.

“Existe um mito de que o ar-condicionado transmite pneumonia. Ele surgiu a partir da afirmação de que um ministro teve a doença por causa do uso do aparelho, mas não é verdade”, afirma o pneumologista.

Segundo ele, o risco está em não realizar a limpeza adequada do equipamento. “A sujeira sim pode gerar pneumonia por hipersensibilidade, mas é um caso raro”. Esse quadro da doença é causado pela sensibilização e reação a fatores ambientais, como poeira. Nessa condição, a pessoa vai ter dificuldade para respirar, tosse, fadiga e febre.

Questionado sobre como a utilização do ar-condicionado no ambiente de trabalho pode afetar a saúde, Fiss lembra da SED (Síndrome do Edifício Doente), outro transtorno gerado pela falta de higienização do aparelho. Trata-se de “um conjunto de doenças causadas ou estimuladas pela poluição do ar em espaços fechados”, conforme define a OMS (Organização Mundial da Saúde).

“O ar-condicionado sujo em grandes proporções favorece a proliferação de sujeiras que também podem irritar as vias aéreas”, explica o pneumologista. “Então, o que a gente sempre é que ele seja bem limpo”, acrescenta.

Fonte: R7

#arcondicionado #mito #saude

2 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram