Após atendimentos, médico faz show musical na janela de sua casa

Há três dias, o cirurgião vascular Miguel Ângelo de Sousa, de 62 anos, decidiu dedicar não somente o seu tempo de trabalho para ajudar as pessoas. Todas as noites o profissional faz shows musicais na janela de sua casa com o intuito de tranquilizar os vizinhos dele em Santos, no litoral de São Paulo, que também estão em isolamento social.

Sousa já trabalha como médico há 40 anos e também é presidente do Centro de Estudos da Beneficência Portuguesa de Santos. Como profissional de saúde, ele faz parte do grupo que não parará de trabalhar durante a pandemia da Covid-19.

“Por enquanto os médicos estão atendendo suas próprias especialidades, mas caso venha necessitar todos atenderão os casos da Covid-19”, explica o cirurgião. De acordo com ele, os atendimentos no hospital que trabalha são feitos com o uso de todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Após o trabalho, ele começa o isolamento social em sua casa, junto com a família. “Tenho também o hobby da música e pensando na dificuldade desse momento de nos mantermos em casa todo o tempo, resolvi fazer apresentações na minha janela. Toco piano e violão, então trago um pouco do jazz e da bossa nova todas as noites”, explica.

Médico faz apresentações musicais em sua janela em Santos, SP — Foto: Reprodução

As apresentações do médico encantaram muitos vizinhos, que passaram a acompanhar os horários que o profissional se apresenta. Morador do bairro Boqueirão, Sousa conta que muitas pessoas se programam para assisti-lo.

“Acho que a música é importante, porque fica muito cansativo ficar em casa, sem fazer nada. Porém, temos que entender que esse isolamento é algo importante nesse momento e ficarmos tranquilos, que isso vai passar. O medo é natural, mas não podemos deixá-lo se tornar frequente e constante, virar um pânico. Temos que ser racionais. Essa apresentação musical é importante para ajudar as pessoas a se sentirem mais calmas, mais tranquilas. O feedback positivo vem sendo muito gratificante para mim, como médico”, destaca.

“O novo coronavírus está surpreendendo todos os profissionais da área de saúde, pela capacidade dele de resistência. Esse vírus fica vivo até no chão, entre cerca de quatro a cinco horas”, explica o médico.

Por isso, ao chegar em casa, Sousa orienta que a pessoa tome medidas de precaução. De acordo com ele, o sapato deve ser deixado do lado de fora da residência e precisa ser higienizado. As roupas devem ser retiradas e, imediatamente, também colocadas para higienização, sem misturar com outras vestimentas. Em seguida, é preciso tomar banho, diminuindo os riscos de contaminação.

“Vemos que durante a história da humanidade ocorreram varias pandemias no mundo, só que antigamente as pessoas não tinham a tecnologia que temos hoje e a informação. Hoje em dia, por causa da tecnologia, já sabemos do poder do coronavírus e que sua grande característica é a alta capacidade de transmissibilidade. Então nessa guerra, nossa maior arma é o isolamento social. E, por mais que distantes, é importante termos essa união”, destaca o cirurgião.

Fonte: G1

#atendimentos #médico #Música #show

2 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram