Ainda dá tempo de emagrecer até o Natal? Veja dicas de nutricionistas


Com a proximidade das festas de fim de ano e a chegada do verão, cresce a busca por dietas milagrosas para a perda de peso rápida.


A nutricionista Maíra Azevedo ressalta que, embora até seja possível eliminar quantidade expressiva de peso em um período curto, é importante recusar as fórmulas mágicas. Antes de tudo, é necessário fazer projeção realista sobre a perda de peso.

“O sucesso na balança vai depender de uma série de fatores, como, por exemplo, se a pessoa já passou por efeito sanfona ou não, se está fazendo exercício, se está dormindo bem e vários outros. Porém, é evidente que a comida certa pode ajudar”, destaca a nutricionista.

De acordo com Maíra, o emagrecimento saudável é lento, cheio de altos e baixos e requer muito aprendizado para se tornar definitivo: “Se a pessoa engordou 10 quilos em cinco meses, será mesmo plausível achar que irá reduzir esses mesmos 10 quilos em 30 dias?”.


Ainda assim, a nutricionista afirma que alguns alimentos podem agilizar o processo de emagrecimento. Ela explica que os principais aliados são aqueles que dão saciedade. “Ao ingerir proteínas e gorduras boas, você comerá pouco e ficará mais tempo satisfeito, gerando assim um déficit calórico, que é o ponto-chave para o emagrecimento”, esclarece.


Escolhas diárias

A mesma opinião tem a nutricionista Laura de Souza Silva, da clínica brasiliense Nutrindo o Conhecimento. Ela lembra que manter o peso adequado é uma questão de hábitos de vida. “O que engorda não é o o que você come entre o Natal e o Ano-Novo, mas o que você consome entre o Ano-Novo e o Natal”, lembra.


Laura recomenda aos que desejam emagrecer que procurem ajuda de um especialista em nutrição e não saiam à caça de truques da moda nas redes sociais.


De maneira geral, entretanto, Laura explica que a prática de exercícios físicos, aliada a uma maior ingestão de água e da inclusão de mais fibras e proteínas no cardápio, pode fazer o corpo desinchar, o que já garantiria um visual diferente para as festas de fim de ano.


Fonte: Metrópoles

5 visualizações0 comentário