Aeroporto do Alasca se torna o mais movimentado do mundo por consequência da Covid-19



O aeroporto de Anchorage, no estado americano do Alasca, já era mundialmente conhecido por ser o segundo aeroporto de carga mais movimentado dos Estados Unidos e o quinto do mundo. Mas, recentemente, a crise da Covid-19 o tornou o mais movimentado do mundo.


Segundo o próprio Aeroporto informou em suas redes sociais, no final de abril, mais especificamente no sábado, dia 25, o fluxo constante de jatos de carga que aterrissa e decola do Aeroporto Internacional Ted Stevens foi o maior do mundo.


Segundo disse ao KTVA Jim Szczesniak, gerente responsável pela administração do Ted Stevens, o Aeroporto está praticamente na linha de frente da batalha contra a Covid-19, com todas as aeronaves chegando basicamente com equipamentos médicos que vão e voltam entre o extremo oriente e o ocidente, e os números de carga têm sido muito fortes.


O aeroporto de Anchorage não foi capaz de manter a posição de mais movimentado do mundo além do dia 25, já que a demanda é bastante variável. Mas o gerente afirmou que o movimento continua intenso, ao ponto de haver mais aviões no ar de/para Anchorage do que de/para Londres e Dubai juntos.


Em 2018, dados do Departamento de Transportes do Alasca mostraram que o aeroporto de Anchorage movimentou 2,79 milhões de toneladas de carga aérea, principalmente por estar estrategicamente localizado entre as duas maiores economias do mundo (Estados Unidos e China), que são também os dois maiores mercados de comércio eletrônico do planeta.


Apenas a título de curiosidade, poucos dias depois de atingir a marca de mais movimentado do mundo, o Ted Stevens enfrentou uma situação também bastante incomum. Uma ameaça de bomba fechou o Aeroporto, e a ocorrência se deu coincidentemente quando o Antonov AN-225, o maior avião do mundo, se deslocava para lá.


Fonte:

4 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram