10 pessoas que 'previram' a pandemia do novo coronavírus


Em entrevista à CNN no último dia 13, o cofundador da Microsoft Bill Gates fez novas previsões sobre a pandemia do novo coronavírus. Ele comentou, por exemplo, que o mundo terá dificuldades em relação à covid-19 até 2022, mesmo com a vacinação em massa.


Na conversa, o bilionário também disse que dos próximos 4 a 6 meses podem ser os piores da crise, entre outras coisas. O curioso é que Gates conhece o tema, pois previu a doença em 2015.


Além dele, outras personalidades vinham alertando sobre uma grande ameaça à saúde global há tempos.


Quer saber quem são elas? Listamos, a seguir, 10 pessoas que aparentemente previram a pandemia do novo coronavírus.

1. Bill Gates



Foi durante uma conferência em 2015 que aconteceu a previsão de Bill Gates. O filantropo disse que o mundo não estava preparado para a próxima epidemia e ressaltou: “Se algo matar 10 milhões de pessoas nas próximas décadas serão micróbios, não mísseis”.

2. Michael Osterholm



O ano era 2005, e o especialista em doenças infecciosas Michael Osterholm já pedia uma ação mais rigorosa das autoridades para evitar a próxima catástrofe global de saúde. Em 2017, ele trouxe mais alertas e novamente criticou a falta de preparo dos americanos.

3. Vaclav Smill



Em seu livro Catástrofes Globais e Tendências, de 2008, o cientista Vaclav Smil disse ter certeza de que aconteceria uma grande pandemia de influenza nos próximos 50 anos.

4. Robert G. Webster



Há dois anos, o virologista Robert G. Webster afirmou que era “apenas uma questão de tempo” para surgir um vírus causando problemas equivalentes aos da Gripe Espanhola de 1918. “Precisamos estar preparados”, avisou.

5. Jeremy Konyndyk



"Um vírus semelhante ao que matou milhões de pessoas em 1918 está para surgir". Foi o que disse o ex-diretor do Escritório de Assistência a Desastres Estrangeiros dos EUA Jeremy Konyndyk, em 2017.

6. Luciana Borio



A infectologista brasileira Luciana Borio, convidada para trabalhar na equipe do atual presidente eleito dos EUA, Joe Biden, alertou sobre os perigos de um vírus devastador em 2018.

7. Dean Koontz



Em Os Olhos da Escuridão, lançado em 1981, o escritor Dean Koontz citou um vírus chamado Wuhan-400, nome que se remete à cidade chinesa onde o novo coronavírus se originou. A diferença é que o patógeno fictício foi criado por um cientista e era 100% letal.

8. Sylvia Browne



A paranormal Sylvia Browne previu, há 12 anos, que em 2020 surgiria uma doença grave, parecida com a pneumonia e capaz de se espalhar por todo o planeta, além de afirmar que ela desapareceria tão rápido quanto surgiu.

9. Nostradamus



Entre as profecias de Nostradamus, também pode haver uma referente ao coronavírus. A previsão estaria em um trecho da sua famosa obra lançada em 1555, conforme interpretações recentes.

10. Steven Soderbergh



Lançado em 2011, o filme Contágio traz cenas parecidas com as presenciadas em 2020, tratando de uma doença fictícia espalhada a partir de um morcego. Teria o cineasta Steven Soderbergh, diretor da obra, previsto o futuro?


Fonte: Tecmundo

3 visualizações0 comentário