10% das doses de reforço aplicadas no Brasil foram utilizadas na cidade do Rio


 
 

Cerca de 10% de todas as doses de reforço da vacina contra a Covid-19 aplicadas no Brasil foram utilizadas na cidade do Rio de Janeiro, de acordo com levantamento feito pela CNN com base nos dados do Ministério da Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde.


Na última atualização nacional, cerca de sete milhões e trezentas mil terceiras doses (7.350.139) foram aplicadas no país, enquanto na capital fluminense, aproximadamente 750 mil pessoas (749.777) receberam o reforço.


Após quatro dias de interrupção pelo feriadão de Finados, a campanha de vacinação da terceira dose é retomada no Rio. De acordo com o calendário vacinal do município, até o dia 13 deste mês, todos os idosos a partir dos 61 anos estarão imunizados com o reforço contra o vírus.


Nesta quarta-feira (3), a terceira dose é destinada a todos os idosos com 64 anos ou mais. Já na quinta-feira (4), o público-alvo são mulheres a partir dos 63 anos e, na sexta (5), é a vez dos homens nessa faixa etária.


Para garantir a imunização, a secretaria municipal de saúde retirou 162.630 doses do imunizante da Pfizer na central do estado na última sexta-feira (29).


O painel da cidade, no entanto, mostra que mais de 14 mil idosos ainda não receberam sequer a primeira dose do imunizante. Desses, 48% estão na faixa-etária de 70 a 74 anos.


Trabalhadores da saúde


Até o próximo dia 30, os trabalhadores da saúde que tomaram a segunda dose no mês de maio também podem procurar os postos para receber o reforço. Já em dezembro, será a vez dos profissionais da área que receberam a segunda aplicação em junho.


Campanha vacinal


Segundo o vacinômetro da capital, 67,2% da população carioca total está imunizada contra a Covid-19. Quanto à primeira dose, 87,5% das pessoas estão vacinadas com o primeiro ciclo.


Fonte: CNN

1 visualização0 comentário